Jipes da Angie Travel, no Deserto da Fonte da Areia. Créditos: Francisco Carrasco

Em pleno Oceano Atlântico, com 11 km de comprimento e 6 km de largura, Porto Santo é desde há muito apelidado de ilha dourada, devido à sua extensa praia de 9 km de areia fina, que foi eleita a melhor praia do ano pela European Best Destinations. A maioria das pessoas visita Porto Santo para relaxar na praia e aproveitar o sol, mas há muitas atividades disponíveis em terra e no mar para explorar o resto da ilha.

Tour de Jipe

60% de Porto Santo é areia, mas a parte leste da ilha é mais montanhosa, com picos que atingem alturas desde os 437 até aos 517 metros, o que torna algumas partes da ilha de difícil acesso. A Angie Travel Agency tem a solução perfeita: um tour de jipe. Além de ser uma experiência de 2 horas repleta de adrenalina, ficará a conhecer Porto Santo de uma ponta à outra, com a ajuda de um guia turístico que vai destacando os diversos tesouros da ilha.

A primeira paragem foi no Miradouro dos Morenos, de onde é possível observar o Ilhéu de Ferro. No topo do ilhéu a única estrutura visível é um farol, de 64 anos. Através dos diversos miradouros espalhados pela ilha, que também constituíram local de passagem, é possível observar os 6 ilhéus não habitados de Porto Santo.

Depois, dirigimo-nos ao Deserto da Fonte da Areia – uma espécie de deserto do Sahara, devido às suas dunas. Mais de metade da ilha é areia, formada há 35 mil anos quando o clima na zona era tropical. Esta areia é famosa mundialmente pelas suas propriedades terapêuticas, porque é rica em cálcio e estrôncio.

Preço: dos 15€ aos 25€ por pessoa

Tour de Barco e Observação de Golfinhos

Se preferir um tour pelo mar e se quiser deliciar-se com a água azul turquesa de Porto Santo, sugerimos um passeio de barco ao redor da ilha. A empresa de animação marítimo-turística Mar Dourado disponibiliza tours de barco semirrígido, onde é possível observar os ilhéus mais de perto e ficar a conhecer melhor a história da ilha. A viagem promete passagem por dois ilhéus adjacentes à ilha: Ilhéu de Cima e Ilhéu da Cal.

Prepare-se para ser salpicado com água do mar, porque o barco da Mar Dourado promete velocidades rápidas e muita emoção.

O barco começa a desacelerar e entra numa zona mais calma, onde é possível mergulhar na água morna e translúcida característica da ilha. Nesta fase, o guia oferece uma degustação de produtos regionais: broas de mel, que descem na perfeição com o vinho da madeira. Para os mais novos e para quem não aprecia álcool também há a famosa brisa maracujá. Na volta, poderá ser surpreendido, tal como nós, por uma família de golfinhos que nos deixou de queixo caído com os seus saltos altos e sincronizados. Se tiver muita sorte, poderá ainda observar baleias.

Preço: 45€ (adultos) e 25€ (crianças) – o valor inclui a degustação dos produtos regionais e transfer

Passeio de Moto4 ou Bicicleta Elétrica

Apesar da ilha ser pequena, se quiser poupar as suas pernas e deslocar-se até ao centro da vila, para ver as lojas locais ou para comer uma Lambeca, recomendamos fazê-lo de bicicleta elétrica ou de moto4. Na Auto Acessórios Colombo pode alugar ambos os veículos, por algumas horas ou durante todo o dia.

Esta é a opção ideal para quem preferir explorar a ilha sozinho, sem o auxílio de um guia turístico. Apesar de Porto Santo ter muitas rochas, a ilha conta com uma extensa ciclovia, desde a zona do Ribeiro Salgado até à Calheta, além de vários percursos e trilhos que podem ser feitos em duas ou quatro rodas.

Preço: Bicicleta Elétrica (6€ por hora e 20€ por dia); Moto4 (25€ por hora, 50€ por dia)

Carro Elétrico – Renault Twizy

Se as bicicletas e as moto4 não lhe agradam, mas se preferir visitar a ilha de forma independente, tem outra opção de deslocação: o Twizy, um microcarro elétrico de dois lugares.

Apesar de não ser o veículo mais espaçoso do mundo, esta é uma boa opção para quem prefere um passeio mais seguro e com menos adrenalina. A melhor parte: zero emissões e uma condução fluída, porque o Twizy não tem mudanças de velocidade, o que facilita bastante a viagem – só tem de acelerar e travar. Não se preocupe, os responsáveis da Moinho-Rent-a-Car, a empresa que disponibiliza o aluguer destas viaturas, vão ensiná-lo a andar de Twizy antes de partir na sua aventura.

Além disso, por ter um tamanho extremamente compacto, torna-se fácil estaciona-lo em qualquer lugar.

Preço: (40€ por 2horas; 60€ por 4horas; 70€ pelo dia inteiro)

Aventura de Caiaque

Esta atividade é, sem sombra de dúvidas, a mais radical da lista. Se sentir culpa por não estar a fazer exercício enquanto está de férias, não se preocupe porque este passeio de caiaque promete um ótimo exercício de braços.

O passeio começa na praia da Calheta, com uma pequena explicação do guia da visita – Matias, da empresa Porto Santo Destination Tours. Depois de perceber como funcionam os remos e de vestir o colete salva-vidas é hora de saltar para dentro do caiaque, que transporta duas pessoas. Vai precisar de ter alguma coordenação com o seu parceiro, porque andar de caiaque requer alguma perícia e coragem para enfrentar as ondas.

O Matias vai à frente com o seu parceiro de viagem de quatro patas: o Sherlock, o seu cão de água português que o acompanha em todas as aventuras marítimas e que foi, de longe, o mais corajoso do grupo. Depois de partir da ilha da Calheta, a viagem prossegue junto à costa e passa junto a pequenas grutas, onde poderá entrar para ver de perto as formações rochosas (se não for claustrofóbico).

A aventura termina na praia do Zimbralinho, que fica numa espécie de baía. Depois, é tempo de retornar a terra e voltar a enfrentar as ondas.

Preço: a partir de 25€ por adulto

Artigo anteriorParques de Sintra estreia novas atividades no Dia Mundial da Criança e oferece sessões gratuitas 
Próximo artigoNovo passe turístico permite conhecer o Algarve sem limites

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui