A AirHelp, especialista nos direitos dos passageiros aéreos e em viagens, releva alguns “segredos” para quem quer poupar nas férias. Viajar durante a semana, comprar os bilhetes com 70 dias de antecedência e pesquisar o destino em modo incógnito são algumas das dicas úteis.

Viaje às terças, quartas e quintas-feiras

Os preços dos bilhetes de avião variam muito, inclusive para as mesmas rotas, principalmente devido à oferta e procura. Embora os preços, em geral, sejam mais altos durante os períodos de férias, viajar a meio da semana é uma boa maneira de conseguir bilhetes mais baratos, sugere a AirHelp. Como bónus, durante estes dias os aeroportos estão menos movimentados, o que pode representar menos atrasos e perturbações nos voos.

Evite grandes eventos

Se visitou um site de reservas de hotéis e ficou chocado com os preços extremamente altos, é provável que, por coincidência, esteja a procurar em época de um grande evento. Se houver uma grande conferência, evento desportivo ou festival na cidade, os preços sobem. Por isso, depois de escolher o seu destino, certifique-se de que não vai viajar durante um grande evento.

Publicidade

Marque férias grandes

Se tiver oportunidade, marque um longo período de férias. Geralmente, quanto mais longo for o arrendamento, mais barato fica. O custo médio semanal de um apartamento diminui muito se o arrendar por um mês. Como bónus, vai sentir-se em casa, mesmo estando longe, tendo um lugar exclusivamente para si e para os amigos.

Informe-se dos seus direitos

Infelizmente, há sempre o risco de o seu voo sofrer um atrasado ou perturbação, especialmente durante o período bastante movimentado das férias. De facto, em muitos destinos de verão populares, a pontualidade média dos voos pode ser de apenas 50% ou menos. Isso significa que um em cada dois voos terá atrasos. A boa notícia é: se o seu voo chegar ao destino com um atraso superior a 3 horas, poderá ter direito a uma compensação de até 600 euros por pessoa, a ser paga pela companhia aérea.

Planeie com antecedência

Parece óbvio, mas é quase sempre inteligente reservar voos e acomodações com antecedência. É claro que, por vezes, pode ser espontâneo e aproveitar boas oportunidades de última hora, mas frequentemente os preços aumentam muito à medida que a hora de partida se aproxima. Embora, em média, o preço de um bilhete económico mude 61 vezes antes de uma viagem, a AirHelp descobriu que, ao reservar voos para o verão, é melhor comprar os bilhetes com cerca de 70 dias de antecedência para obter as tarifas mais baixas.

Limpe o histórico do browser

Limpe o cache do seu browser ou navegue em modo privado quando estiver a pesquisar uma viagem. Se não o fizer, muitos sites vão acompanhar a sua pesquisa e saberão que procurou um voo, mas ainda não reservou. Se voltar a um determinado site pode encontrar o preço da mesma rota a um valor mais alto. Isto acontece porque esse site faz um rastreamento através de cookies e sabe que tem interesse naquela viagem. Por isso, certifique-se de que navega em modo incógnito.

Opte por aeroportos menos movimentados e destinos menos óbvios

Há muitas razões para tentar ser criativo nas suas viagens: o overtourism, o congestionamento do tráfego aéreo em aeroportos movimentados e os preços para destinos mais populares tendem a ser ainda mais elevados durante a época alta. Então, por que não ser original? Viaje para um lugar novo! Pode descobrir locais de sonho, pesquisando e pensando criativamente. Assim, aumenta também as hipóteses de compensar na sua carteira. Portanto, explore todas as opções antes de comprar do seu bilhete.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui