Situada em Ponte de Lima, a Terra Rosa Country House é um agroturismo familiar faz do slow living o seu modo de vida. E nesta época de outono convida a relaxar e a viver ao ritmo da natureza, tirando partido da tranquilidade e de um cenário único, em pleno coração do Minho, onde se respira uma ruralidade genuína.

Aqui, os dias são inteiramente dedicados ao descanso e à preguiça sem culpa, não faltando sugestões para momentos de pausa, desde longos passeios, a pé ou de bicicleta, pelos extensos vinhedos que envolvem a Quinta da Codeçosa – onde a Terra Rosa está inserida -, a piqueniques feitos junto ao rio Neiva, ou ainda massagens relaxantes para usufruir individualmente ou em casal. Por toda a Quinta não faltam recantos onde é fácil perder a noção do tempo enquanto se observa a natureza e se escuta o silêncio, com um livro ou um copo de vinho na mão e uma manta pelas pernas.

Todas as tardes, os hóspedes são surpreendidos com um lanche, preparado pela equipa da Terra Rosa, com direito a chá e a um bolo caseiro. Aproximando-se o São Martinho e os seus tradicionais magustos, este lanche torna-se, por estes dias, ainda mais autêntico, oferecendo a possibilidade de saborear castanhas assadas, apanhadas na própria Quinta.

Tratando-se de uma quinta vinícola – a Quinta da Codeçosa é o maior produtor da Adega Cooperativa de Ponte de Lima –, a Terra Rosa tem também propostas pensadas para os apreciadores de vinho. Desde um wine bar, onde estão em destaque alguns dos melhores vinhos da região, à participação em provas que, pontualmente, são organizadas, com a presença de pequenos produtores.

Nestes dias de outono, à medida que a noite cai e a temperatura começa a arrefecer, a eira da Terra Rosa transforma- se num dos locais mais apetecíveis, proporcionando momentos aconchegantes à volta de uma lareira exterior, num cenário verdadeiramente campestre que inclui um espigueiro centenário e um típico tanque de pedra.

Todo este ambiente permite que, mesmo nos dias mais frios, os hóspedes consigam usufruir da tranquilidade do espaço e do contacto com a natureza, com todo o conforto, encontrando na Terra Rosa um verdadeiro refúgio para abrandar o ritmo e para se desligarem das rotinas do dia-a-dia.

Envolta numa atmosfera tradicionalmente minhota, a Terra Rosa é composta por quatro casas principais que parecem formar uma aldeia e onde não faltam elementos típicos da região como um solar, um imponente espigueiro e uma pequena capela. Progressivamente, estas casas estão a ser recuperadas e a ganhar novas funções. A Casa do Lúpulo, onde, antigamente, esta planta era secada, foi a primeira a ser recuperada e hoje dá lugar a sete quartos, todos com entrada independente pelo exterior.

PREÇOS

  • Quarto térreo: 180€
  • Quarto 1º andar: 210€
  • Suite: 250€
    (*) Valor de estadia com pequeno-almoço. Reserva mínima de duas noites.
Artigo anteriorDescubra quais são as 10 comidas de rua mais populares em Istambul
Próximo artigoSheraton Cascais lançou um novo brunch aos fins-de-semana, que assenta num conceito de street food

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui