Ter uma profissão em que é frequente viajar é o sonho de muitas pessoas e a verdade é que há muitas vantagens associadas, mas também coisas menos boas. A mala é uma delas.

Ter uma viagem marcada, com a necessidade de fazer caber todos os itens dentro de uma mala pequena para que tudo seja mais prático, pode ser um verdadeiro inferno, mas a Globalis, agência de viagens e eventos corporativos, selecionou cinco dicas que podem fazer toda a diferença no tetris que antecede a ida para o aeroporto.

Escolha uma bagagem mais prática

O mercado das malas de viagem é um dos mais competitivos do mundo, por isso não vai ser difícil encontrar uma mala que se adapte às suas necessidades. Ter muitos bolsos pode ser um ponto a seu favor, uma vez que pode ter vários objetos à mão de semear sempre que eles forem necessários. Um espaço para o portátil também pode ser fundamental, bem como rodas. Malas às costas até podem parecer mais práticas, mas em determinados momentos pode ficar com dores que lhe vão arruinar o resto dos dias.

Organize as suas roupas

A roupa é uma das coisas mais importantes numa viagem de negócios, uma vez que é provável que tenha que trocar várias vezes e que essas trocas tenham que ser feitas para estilos diferentes, umas vezes mais formais outras mais descontraídos. Uma boa opção para poupar espaço na mala é optar por levar as roupas mais volumosas já vestidas, mas se viajar para um destino com uma temperatura muito diferente da origem, é importante garantir que, no regresso, vai haver espaço suficiente na mala para as roupas com mais volume.

Utilize os próprios sapatos como método de arrumação

O calçado é uma das grandes dores de cabeça de uma mala pequena, uma vez que costumam ser dos objetos mais volumosos e tratando-se de uma viagem de negócios não pode levar apenas um par porque vai ter que trocar de estilo para uma reunião ou um encontro mais formal. A boa notícia é que os sapatos podem ser usados para arrumação. Lá dentro pode colocar roupa interior, gravatas e até cintos.

Planeie os líquidos que quer levar

Esta é uma regra que todos conhecem, mas nunca é demais relembrar. Numa mala de cabine só passam líquidos em embalagens até 100ml, por isso não arrisque passar com frascos maiores porque eles vão ser confiscados.

Deixe os objetos que vão ser fiscalizados em zonas acessíveis

Quando chegar à área de controlo do aeroporto é muito provável que lhe peçam para retirar de dentro da mala objetos como computadores, tablets ou outros eletrónicos, por isso deixe estes itens em áreas acessíveis da mala para que, à chegada, seja mais simples retirá-los. Se não o fizer corre o risco de perder muito tempo e, em horas de maior afluência pode até arriscar-se a perder o voo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui