Se viajar não é a única motivação que o leva a sair de casa, mas também a oportunidade de comprar alguns objetos, este artigo pode interessar-lhe. De acordo com a Momondo, há 10 locais especialmente bons para juntar esta paixão pelo turismo à de adquirir artefactos. De acordo com dados da Global Blue Portugal, os gastos dos turistas oriundos de fora da União Europeia aumentaram 36% no nosso país.

Lisboa

Há já algum tempo que Portugal já está no radar dos turistas que procuram por destinos para compras. A baixa lisboeta sempre foi o local por excelência para fazer compras, mas a Avenida da Liberdade, uma das principais artérias da cidade, tem vindo a ganhar destaque. Com árvores centenárias e sombras frescas, é muito agradável para passear, enquanto visita as lojas de marcas conceituadas e de luxo.

Publicidade

Milão (Itália)

Para os apaixonados pelo mundo da moda Milão é passagem obrigatória. Ao andar pela cidade é possível explorar lojas e armazéns e aproveitar as oportunidades que a cidade tem para oferecer. A Galleria Vittorio Emanuele II é um dos centros comerciais mais emblemáticos e um dos mais antigos do mundo. A capital da moda é também uma tentação para todos aqueles se interessam por arquitetura.

Madrid (Espanha)

O centro comercial Xanadu de Madrid disponibiliza diversão na neve o ano inteiro, na SnowZone. Além das mais de 200 lojas e restaurantes tem também cinema, bowling, uma pista de karts e um campo de mini-golfe. Viaje até ao país vizinho e leve a família. Há entretenimento para todas as idades e interesses.

Copenhaga (Dinamarca)

A Stroget, rua de compras pedestre mais comprida da Europa, estende-se ao longo de quase um quilómetro. É uma mistura do novo e do antigo, de boutiques de luxo e lojas menos dispendiosas.

Paris (França)

O amor está no ar… e as compras também. Desde as típicas boutiques nos Champs-Elysées, conhecidas por hospedar algumas das ruas mais dispendiosas para efetuar compras, até às lojas de ‘vintage’ e mercados de rua no Bairro Marais, a oferta é vasta e para todos os gostos. Quando se sentir cansado pode sempre tirar partido das agradáveis esplanadas francesas.

Londres (Reino Unido)

No Harrods pode encontrar tudo num só centro comercial. Desde roupa, sapatos, acessórios, e até comida e bebida. Milhares de opções para homens e mulheres, miúdos e graúdos. Um mundo num armazém, visitado por milhares de turistas todos os anos.

Dubai (Emirados Árabes Unidos)

Conhecido por ser o destino ideal para amantes de excessos e glamour, o Dubai é um dos destinos imperdíveis para fazer compras. O maior centro comercial do mundo deixa qualquer visitante de queixo caído, com as mais de 1200 lojas diferentes. Tem ainda com um aquário gigante, um zoo aquático, uma gigantesca pista de patinagem no gelo e um túnel onde é possível ver tubarões. Tudo isto num só centro comercial.

Toronto e Edmonton (Canadá)

Uma experiência de compras “underground” é o que o PATH oferece. Este centro comercial é um passadiço subterrâneo da baixa de Toronto que liga 30 quilómetros de compras, serviços e muita diversão. Aqui pode encontrar mais de 1.200 lojas, que vão desde a Dundas Street a norte à Queens Quay a sul. Conselho de amigo: leve calçado confortável. Se ainda sobrar tempo passe por Edmonton e conheça o Centro Comercial de West Edmonton. É o maior centro comercial da América do Norte, com mais de 800 lojas e restaurantes, inclui ainda um parque de diversões interior, um parque aquático, um campo de minigolfe, uma pista de patinagem e um campo de tiro interior. Pode ainda desfrutar de experiências culturais, passear pelas alas temáticas do centro, incluindo a ChinaTown, a Bourbon Street e a Europa Boulevard.

Honolulu, Bloomington e Nova Iorque (Estados Unidos da América)

Se pensa que, por ir ao Havai aproveitar este paraíso de calor e mar, não valerá a pena ir ao centro comercial, desengane-se. Trata-se do maior centro comercial do mundo ao ar livre, onde é possível simultaneamente apanhar sol e fazer compras. Pode encontrar mais de 300 lojas e restaurantes, ver espetáculos diários de Hula, no Ala Moana Centerstage, um dos anfiteatros mais populares no Havai. Deixe a praia durante umas horas e perca-se neste centro comercial ímpar. Ainda nos Estados Unidos da América é possível visitar, na cidade de Bloomington, o Mall of America, o maior centro comercial do país com mais de 520 lojas e mais de 50 restaurantes. O local incorpora ainda um parque de diversões Nickelodeon Universe e o Sea Life Minnesota Aquarium, perfeito para aliar a sua diversão com a dos mais novos. Aproveite e convença a família a ir consigo às compras, nem que seja uma vez na vida. Nova Iorque não poderia estar ausente nesta lista, já que tem as maiores marcas, designers de todo o mundo e as melhores lojas e mercados de roupa ‘vintage’. Desde a tecnologia às marcas de alta costura e decoração. Enfim, nada falta nesta cidade. Entre Soho, a 5ª Avenida e Times Square, difícil vai ser escolher.

Melbourne (Austrália)

História e arquitetura combina com compras? No caso do GPO, em Melbourne, a resposta é sim. Um dos centros comerciais mais notados pela sua arquitetura que foi em tempos o Grand Post Office. Este é um dos lugares mais concorridos para fazer compras especiais em Melbourne. Por fim, uma última sugestão da Momondo: leve a mala vazia…vai precisar de muito espaço quando regressar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui