Estima-se que o turismo de experiência chegue a 58% do mercado já em 2025. Esta que é uma prática cada vez mais valorizada pelo público, está intimamente ligada às emoções. Mais do que uma fotografia de um lugar bonito ou uma publicação nas redes sociais, os viajantes procuram cada vez mais momentos memoráveis que os façam lembrar-se das experiências que tiveram no exterior.

Seja através da gastronomia, através da vivência de experiências diretamente com populações locais ou até exercendo um ofício mais artesanal, o apelo às sensações é o centro desta questão.

“A Casa do Deserto”, da Guardian Glass é um dos bons exemplos de como os viajantes podem apelar aos seus sentimentos mais profundos, transformando uma experiência numa recordação para a vida. “A Casa do Deserto é o destino perfeito para quem procura uma experiência de integração com o ambiente em que predominam o conforto, a desconexão, o relaxamento e o bem-estar”, lê-se no comunicado enviado aos jornalistas.

Aqui o objetivo é desafiar a natureza e provar que o vidro faz toda a diferença em climas extremos, quer sejam muito quentes ou muito frios. Estar em contacto com o deserto ou ver o céu noturno com uma nova perspetiva.

Ao ver a imagem que ilustra este artigo, talvez este invulgar imóvel não lhe seja completamente estranho, uma vez que foi protagonista de um episódio da série britânica Black Mirror. Tal como o empresário Billy Bauer (o personagem da série) aqui os hóspedes podem encontrar paz, silêncio e desconexão.

Para além de todas estas características, a “Casa do Deserto” é ainda construída de forma sustentável, sendo autossuficiente e que funciona muito graças aos painéis solares que tem instalados no telhado.

Esta unidade que desperta os sentidos dos viajantes tem 20 metros quadrados, está localizada em Granada, Espanha, e tem três divisões: quarto, casa de banho e sala-cozinha.

Artigo anteriorCinco dicas para quem viaja em negócios com frequência
Próximo artigoEasyjet anuncia nova rota a partir do Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui