The Insólito

Todas as quintas-feiras no The Decadente, a partir das 20h e todos os sábados no The Insólito, a partir das 19h30, com curadoria de Ana Vulcão, a The Independente Collective celebra os seus 10 anos como sempre o fez: partilhando a festa com os Lisboetas e todos os visitantes da cidade, com música ao vivo durante os meses de outubro e novembro. Depois de um ano desafiante, em que a dança não era permitida, chega a iniciativa “Let My People Go Dancing”, trazendo a música ao vivo de volta a Lisboa.

The Insólito promove todos os sábados as festas “Let my people go dancing”

“Este ciclo de eventos foi pensado como uma ode ao regresso da nossa vida social. Um conjunto de momentos que leve uma lágrima ao canto do olho num misto de saudosismo e alegria. Foi duro mas agora que tudo parece caminhar para uma vida como se quer chegou a hora de dançar. Que a saudade inspire uma vontade incontrolável de ver os nossos amigos. Que no dia
seguinte sejamos perseguidos por uma batida imaginária que surge incontrolavelmente nas nossas mãos e pés em casa e no trabalho, na rua e no carro. Está na hora de esquecer toda esta loucura que acabámos de viver e de ir dançar. Let My People Go Dancing”. As palavras são de Duarte d’Eça Leal, um dos quatro irmãos fundadores da The Independente Collective, que vê este mês a sua marca celebrar 10 anos, e que o faz com as mesmas características e visão de sempre; aquele que foi o primeiro hostel em Portugal a abrir os seus restaurantes ao público, em oposição de apenas para hóspedes, traz a dança, a comida, a música ao vivo e os cocktails e bebidas a Lisboa, como sempre o fez e como quer sempre continuar a fazer.

As actuações são abertas ao público e decorrem a durante os meses de outubro e novembro.

The Decadente
Artigo anteriorSugestão lifestyle de Outono: Sunlover Protector Vitamina D
Próximo artigo7 atrações turísticas assombradas para festejar o Halloween em Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui