Young woman sits on the viewpoint and looks from the above of Barcelona city and enjoy of cityscape from Bunker El Carmel or Turo de la Rovira. Catalonia, Spain.

As características para escolher um destino de férias podem ser mais que muitas. Há quem prefira praia, outros gostam mais da gastronomia ou da oferta cultural e até há quem viaje para fazer imersões históricas. Mas neste artigo vamos propor uma nova variável que vai agradar principalmente a quem tem o sonho ou está a pensar escolher uma nova cidade no estrangeiro para trabalhar. É com base no ranking de projeção profissional que vamos fazer uma lista das cidades mais amigas de quem quer ter uma carreira profissional fulgurante.

Para fazer uma análise às cidades que oferecem melhores condições laborais, o motor de busca de casas para estudantes universitários, a HousingAnywhere, fez várias ponderações. A qualidade de vida, número de ofertas de emprego, custo de vida, abertura de espírito, número de startups e empresas internacionais e o salário médio foram alguns dos parâmetros que levaram os investigadores a descobrir quais são as melhores cidades para recém licenciados.

Munique, na Alemanha surge no topo. A seu favor tem uma elevada qualidade de vida e uma boa classificação em termos de interação e capacidade de abertura das empresas. São Francisco, nos Estados Unidos, surge logo em segundo lugar. Aquela que é uma das cidades do mundo com mais satratups, tem também boas classificações ao nível salarial ao qual junta um custo de vida acessível. As oportunidades de emprego também são mais que muitas.

De volta à Europa, é Zurique a próxima cidade ideal para quem está de olhos postos na carreira. A cidade mais populosa da Suíça tem várias virtudes sendo a oferta salarial e a qualidade de vida as que mais contribuíram para a sua classificação neste ranking. O custo de vida na Suíça é elevado, mas isso não impede o país de ter uma das mais baixas taxas de desemprego da Europa e no que diz respeito a salários, fixam-se quase no triplo dos portugueses.

Boston, nos Estados Unidos, e Londres, no Reino Unido, são as duas cidades que fecham este top cinco. Fecham, mas são igualmente boas no ranking de projeção profissional, muito por causa das muitas ofertas profissionais e dos salários competitivos. A capital britânica tem sofrido com as recentes alterações políticas e sociais, mas que ainda não foram suficientes para lhe retirarem toda a competividade, continuando a atrair profissionais das mais variadas áreas. Em Boston, os recém chegados são recebidos com um salário mínimo superior ao do resto do país, acrescentando-lhe uma vasta gama de serviços públicos, como a pré-escola universal e os transportes públicos acessíveis.

Artigo anteriorMiradouro das Amoreiras lança concurso de fotografia. O prémio é uma máquina Fuji Instax
Próximo artigoEste é o destino ideal para si de acordo com o seu signo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui