Eléctrico do Pico, Hong Kong

O elétrico que leva os viajantes até ao Pico de Hong Kong – uma das atracões turísticas mais reconhecidas da cidade e o funicular mais antigo da Ásia – reabrirá ao público a 27 de agosto, após um encerramento de mais de um ano. O elétrico tem transportado tanto locais como turistas para o ponto mais alto da ilha de Hong Kong desde 1888,. Os bilhetes, que começam nos 5,99€ para adultos e 2,99€ para crianças e idosos, podem ser comprados online com antecedência.

Entre as novas adições à atração estão carruagens mais longas, o que significa que o elétrico pode agora transportar cerca de 200 pessoas por viagem. Toda a área – da linha de bilhetes até ao vagão do comboio – foi libertada de obstáculos para acomodar melhor os utilizadores de cadeiras de rodas e carrinhos de bebé.

A entrada de visitantes foi equipada com exibições multimédia que traçam a história do elétrico desde a era Vitoriana até ao presente. Enquanto esperam na fila para embarcar, os visitantes podem ver um vídeo animado que mostra alguns dos animais que estão no Pico incluindo sapos, pássaros, porcos-espinhos e javalis.

Em apenas alguns minutos, os viajantes sobem a 396 metros acima do nível do mar, com uma inclinação máxima de 25,7 graus. Os visitantes que fiquem na última carruagem podem optar por voltar a subir a colina para terem uma vista desobstruída.

Victoria Peak é uma das áreas mais cobiçadas em Hong Kong, chamada apenas “The Peak” pelos habitantes locais. Durante a época do domínio colonial britânico, o Pico estava reservado apenas para os ocidentais, que eram levados para cima da colina em cadeiras. O elétrico original tinha três classes separadas de lugares, uma para os estrangeiros brancos que viviam nestes endereços exclusivos, outra para a polícia e soldados, e a última para os criados das grandes casas do Pico. A lei que proibia os habitantes locais de visitar o The Peak foi finalmente revogada em 1947.

Hoje em dia, é comum observar tanto locais a passear os seus cães como turistas. A sua estrutura mais notável é o centro comercial Peak Galleria, que foi concebido para se parecer com um ‘wok’ gigante. As atrações do terminal do elétrico incluem Monopoly Dreams, uma experiência imersiva baseada no popular jogo de tabuleiro, o museu de cera Madame Tussauds e uma variedade de lojas e restaurantes. O custo total da renovação foi de 101 milhões de euros.

Artigo anterior10 estádios que qualquer fanático de futebol deveria visitar
Próximo artigoSardenha oferece 15.000€ a quem queira mudar-se para lá

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui