Casa do Rio, Mondim de Basto, distrito de Vila Real.

Em Mondim de Basto, no distrito de Vila Real, há um pequeno pedaço de paraíso natural intocado, rodeado de uma paisagem inigualável de montanhas e palácios brasonados embebidos em socalcos de vinha. A Casa do Rio é um projeto de turismo rural de natureza, situado na charmosa freguesia de Atei e sonhado por Álvaro e Sofia, os anfitriões. Aqui, há experiências únicas para viver.

A Casa do Rio tem seis hectares que terminam no generoso Tâmega e na praia fluvial, lar de brincalhonas lontras e reino de espécies de flora exuberante. Os mergulhos, nesta altura, ficam para os mais resistentes.

O terreno conta com spots exclusivos esculpidos à mão por Álvaro, um ninho de amor num sobreiro centenário, e não faltam os baloiços. O mais recente debruça-se literalmente sobre o rio para a fotografia perfeita. A Casa do Rio dispõe, ainda, de uma casa das massagens, uma fogueira de inspiração celta, e Gardénia, a piscina exterior aquecida com a imponente vista para o Monte da Senhora da Graça.

Na Casa do Rio há três tipologias de refúgio. Na casa principal, encontram-se as suites, perfeitas para duas pessoas numa estadia curta; e os lodges, ideais para duas ou quatro pessoas numa estadia de maior duração e total autonomia. Fora da casa, imersos na natureza, ficam os bungalows, cada um tem uma identidade muito exclusiva. Janelas panorâmicas, varanda sobre o rio e total fusão com a natureza são alguns dos traços de personalidade. Há experiências de fim-de-semana para dois, ou em família, a partir de 240 euros.

Os hóspedes são brindados nos cabazes de pequeno-almoço com frutos da árvore, flores e aromáticas de todas as espécies e produtos locais. A Casa do Rio tem, ainda, vários animais da quinta, como o Rio, o gato que já se tornou a mascote da casa; o Tobias, o burro resgatado de 4 anos e origem açoriana; e o Amadeu e o seu rebanho das monadas de amor.

Uma das melhores formas para experimentar todo o potencial da Casa do Rio são os retiros de saúde e bem-estar. O último foi uma parceria com Cristiana Cunha, da CCAyurveda. Do programa, inspirado na medicina Ayurveda, fizeram parte caminhadas de reconexão com a natureza; sessões de autocuidado e reequilíbrio energético e um menu vegetariano confecionado com produtos locais, sazonais e frescos.

Artigo anteriorDo Oceanário de Lisboa à Ponte Suspensa de Arouca. Os melhores museus e atrações de Portugal, segundo a Tiquets
Próximo artigoBARRICA: o novo restaurante do Porto em que o menu é surpresa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui