Batizado de Yohei em homenagem ao primeiro nome do cozinheiro japonês Yohei Hanaya, conhecido por ser o “percursor” do sushi, o restaurante japonês, em Lisboa, com uma área ampla, luminosa e colorida, oferece um vasto leque de sugestões, seja no espaço físico ou através do serviço take-away.

O restaurante de sushi de fusão aposta na criatividade e na integração de novos produtos no receituário japonês, guiando-se pela proximidade ao cliente, qualidade e sofisticação dos produtos, como foie grais, trufa ou ostras, possuindo, igualmente, uma vertente vínica inovadora.

Num local privilegiado na zona norte da cidade de Lisboa, na Quinta das Conchas, o Yohei é a escolha perfeita para quem quer desfrutar de uma refeição criativa e repleta de uma variada frescura de sabores, harmonizada com uma carta de vinhos portugueses criada pelo atual proprietário e sommelier Giscard Muller.

“Este espaço pretende estar mais próximo do nosso público, conhecer a sua essência e os seus gostos”, afirma Giscard Muller. “Queremos diferenciar-nos pelo serviço personalizado, com sugestões inusitadas como o foie gras e a trufa, que fazem a ligação perfeita com o sushi e destacam a proposta gastronómica do Yohei, quer seja numa visita ao restaurante, quando for possível, ou em take-away”, reforça o proprietário.

Proprietário e sommelier do Yohei, Giscard Muller

Natural de Rio Grande do Sul, no Brasil, Giscard Muller vive em Portugal desde 2004 e é apaixonado pelo mundo da gastronomia e dos vinhos. Assim que chegou a terras lusas, começou a sua atividade profissional na restauração, acumulando experiência na área vínica ao longo do tempo.

Com a função de chef de sala, passou pelo Hotel Albatroz, pelos restaurantes de cozinha de autor G-Spot de João Sá, Avenue de Marlene Vieira e 100 Maneiras, em Cascais, de Ljubomir Stanisic. Grande apreciador de sushi, chefiou também as salas dos restaurantes Sushic, em Almada, o Nómada em Lisboa, onde foi diretor de F&B e desde julho de 2020 está ao comando do restaurante Yohei.

Para começar esta viagem nipónica, mas com influências portuguesas e do resto do mundo, o Yohei destaca algumas sugestões da carta liderada pelo Sushiman Vinicius Eduardo Stoffel, como o Ebi Crispy; os Tacos de salmão ou atum; os Canelones de atum com carne de caranguejo do Alasca e um Carpaccio de salmão braseado com molho miso, rebentos e tobikko ou um fresco Ceviche de peixe branco.

Já o Nigiri de enguia fumada com foie gras e trufa é uma experiência que enaltece todos os sentidos, enquanto os Gunkans, compostos por salmão, vieira e caranguejo do Alasca ou atum e foie gras, são uma verdadeira explosão de sabores.

Para terminar em grande, o Mochi chá Verde ou o Mochi de Cheesecake são uma boa opção.

Um dos pontos fortes do restaurante é a versatilidade e dinâmica da carta – quer de vinhos, quer de refeição -, que vai sendo atualizada ao longo do ano, sempre com propostas inovadoras que contam um bocadinho da história de Yohei Hanaya. “Uma pessoa que venha quatro vezes num ano, poderá provar quatro vinhos diferentes”, exemplifica Giscard Muller.

Para um momento mais rápido e descontraído, os “amantes” de sushi podem usufruir de um menu executivo de almoço, de segunda a sexta-feira, composto por sopa Miso, entrada de quarto unidades de Hot Roll ou Mini Tártaro e um combinado de sushi e sashimi de 14 peças.

Mas as grandes novidades são a Maki Yohei, com tempura de ostras, o Nakano – Bo zushi de dourada e o novo rolo de assinatura Yohei Experience. Os menus Momentos são também uma aquisição nova: Momento Hanaya, uma experiência completa por 55 € e o Momento Yohei, uma experiência completa pelo valor de 75 € (Bebidas não incluídas).

Este ano será ainda marcado por novidades no que toca ao serviço take-away. Além do serviço próprio de entregas num raio de 10 quilómetros da Quinta das Conchas (Lumiar), e da presença nas plataformas da Uber Eats e Glovo, a oferta Yohei vai passar a estar, brevemente, disponível para take-away de luxo, com a assinatura “take-yohei”, numa nova loja na cidade. Criado para entregar a mesma qualidade como se estivesse a viver a experiência no restaurante, o novo espaço está previsto para o Páteo Bagatella (Amoreiras).

Artigo anteriorAP Eva Senses lança experiência gastronómica “Sinta e Deguste Faro”
Próximo artigoBari, Agadir ou Lanzarote. Ryanair tem 26 novas rotas a partir de 19,99€

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui