Sabores do mar e da terra e os ingredientes mais típicos e frescos fazem da nova carta de verão do Emprata, restaurante do Marriott Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, uma experiência imperdível.

Localizado em Óbidos, em plena Costa da Prata, o restaurante Emprata estreia uma nova carta idealizada e confecionada pela equipa do chef executivo Bernardo Vitorino, complementada pela paixão e técnica da chef de Pastelaria Salomé Inácio. 

Desta carta destacam-se pratos como o Ceviche de Peixe da Lota, Chícharo e Citrinos, o Polvo de Peniche, Feijoada branca e Agrião da Ribeira, a Codorniz do Landal, Topinambur e Vieiras Caramelizadas e a Ode à cornucópia de Alcobaça. 

Nas entradas somos recebidos com a frescura do Ceviche de Peixe da Lota, Chícharo e Citrinos. Da lota de Peniche vem o peixe que serve de mote a este prato, valorizando o melhor da costa. O peixe varia diariamente consoante o que o mar traz, de forma a garantir a máxima frescura e qualidade.

Às entradas juntam-se os chícharos, que são pequenas leguminosas secas, tal como o feijão e o grão e que surgem neste prato sobre a forma de um cremoso puré. Na base do prato surge um leite de tigre menos convencional, feito a partir de yuzu e laranja sanguínea, perfumando assim o prato enquanto cria acidez.

Para iniciar poderá ainda optar pel’O Queijo da Maçussa, a Pêra Rocha do Oeste e o Figo Pingo de Mel. A grande particularidade deste prato vem do queijo de Maçussa, o chèvre de Adolfo Henriques e um dos mais nobres queijos produzidos em Portugal. Este queijo é neste prato trabalhado de três formas, gelado, mousse e caramelizado. É ainda acompanhado pelo figo pingo de mel e a pêra rocha do Oeste, num jogo de texturas e sabores a que ninguém fica indiferente.

Nos pratos principais de peixe, o Polvo de Peniche, Feijoada branca e Agrião da Ribeira são algumas das sugestões. Inspirado na tradicional feijoada de cefalópodes muito encontrada pela zona balnear oestina, aparece este prato. O polvo é cozido e acompanhado pelas variações de feijão branco e feijão catarino, este último muito consumido localmente. Aqui, ambos os feijões surgem num cremoso puré que serve como base, ao qual é adicionada uma feijoada feita com as cabeças do polvo, aproveitando assim todo o animal de forma sustentável. Para finalizar é acrescentado um refrescante creme de agrião de água.

Nas carnes, algumas opções passam pelo Codorniz do Landal, Topinambur e Vieiras Caramelizadas. A codorniz é usada na totalidade, incentivando assim a sustentabilidade, na forma de um peito recheado, as pernas confitadas e molho da mesma. A ela junta-se a vieira caramelizada e o puré de topinambur, um tubérculo semelhante ao inhame e que é também conhecido como girassol batateiro.

Para finalizar de forma especial, a Ode à cornucópia de Alcobaça é uma das sobremesas de referência. De forma a prestar homenagem há mais tradicional doçaria da região, junta-se o doce d’ovo, feito de acordo com o receituário português antigo, um envolvente gelado de canela e a massa da cornucópia surge sobre a forma de uma crocante telha. A tudo isto, junta-se uma leve e refrescante espuma de limão.

O preço médio da refeição (sem vinhos incluídos) ronda os 40€ por pessoa.

Com capacidade para 82 lugares sentados, o restaurante Emprata encontra-se aberto todos os dias para jantar, entre as 19h00 e as 22h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui