Arthur Edelmans/Unsplash

O Natal está a chegar e, desde novembro, quase todas as grandes cidades europeias já estão vestidas a rigor para o receber. Além das luzes e dos efeitos natalícios, há uma coisa que não pode faltar nesta quadra: os mercados de Natal e, na realidade, são muitas as cidades europeias que aderem a esta tradição. Por esse motivo, o jornal de The Guardian fez uma lista com os 10 mercados de Natal que não pode perder na Europa.


Parque Zrinjevac, Zagreb, Croácia

Créditos: J. Duval/The Guardian

O Parque Zrinjevac em Zagreb torna-se num verdadeiro “Christmas Wonderland” durante a época de Natal, com lanternas a iluminar as árvores das avenidas, e um mercado de Natal com cabanas de madeira que vendem presentes feitos por artistas locais e comida e bebida festiva (experimente štrukli assado, doces com um queijo macio). As festividades acontecem em toda a cidade como parte do Advento de Zagreb, que dura seis semanas. Na Praça Ban Josip Jelačić há uma enorme árvore de Natal, com música ao vivo, pistas de gelo e bancas em parques e praças da cidade.

Datas: 26 de novembro a 7 de janeiro

Mercado de Natal de Valkenburg, Países Baixos

Fonte: European Best Destinations

A entrada para este mercado de Natal fica na base do monte Cauberg, com stands acima do solo e nas misteriosas cavernas de Valkenburg. Na parte de cima, o mercado é bastante tradicional, com vendedores a venderem os ornamentos, enfeites, e peças típicas de natal nas suas bancas, mas na parte de baixo encontra-se o maior mercado de Natal subterrâneo da Europa. Há estatuetas de Natal bem iluminadas para o guiar, e uma aplicação digital que ajuda os compradores a navegar pelo labirinto que é esta pedreira subterrânea do século XVIII que virou galeria de arte. Os bilhetes devem ser comprados com antecedência online.

Datas: 18 de novembro a 8 de janeiro

Mercado de Natal Ravenna Gorge, Floresta Negra, Alemanha

Créditos: danielk_flckr

As cidades de Nuremberga e Dresden têm mercados de Natal tradicionais e de grande escala, mas se procura qualidade e não quantidade visite o mercado de Natal de Ravenna Gorge, no sudoeste da Alemanha. Muitos mercados de Natal estão a aumentar as suas credenciais verdes este ano (a crise energética está mesmo a forçar os organizadores a diminuir as luzes) e este é um dos mercados mais ecológicos. Num desfiladeiro sob um viaduto de 40 metros de altura, mais de 40 chalés de madeira vendem produtos fabricados localmente, tais como malhas de lã de cordeiro e máscaras de madeira esculpidas à mão. Os visitantes devem comprar os bilhetes online. Há um um autocarro “shuttle” que vai para este mercado, que parte da estação ferroviária de Hinterzarten e de Himmelreich.

Datas: Só às sextas-feiras, sábados e domingos, de 25 de novembro a 18 de dezembro.

Mercado noturno de Paris, França

Fonte: Bruno Levy/The Guardian

Há muitos mercados de Natal invulgares em Paris, desde o Mercado de Natal da Estação F, que celebra as “start-ups”, até um centrado nos artesãos latino-americanos. O mercado noturno de Paris enfatiza o consumo ético e os criadores locais. Fica localizado na Cité Fertile, atrás de La Grande Halle, e inspira-se nos mercados noturnos asiáticos, com mais de 80 vendedores independentes que vendem produtos com um cariz socioambiental, tais como as joias de Sable Vert, feitas de vidro marinho reciclado. Os petiscos e bebidas orgânicas são servidos em stands como o Calyce Cider Bar, e a música é fornecida por DJs e músicos locais – mas neste mercado não se cantam músicas natalícias.

Datas: 17 e 18 de dezembro (mas a data pode ser estendida)

Mercado de Natal de Münsterhof, Zurique, Suíça

Fonte: zuerich.com

Há muitos mercados de Natal espalhados por Zurique, sendo o mercado de Bellevue talvez o mais popular, com stands de comida (dirigidas por chefs da cidade) e produtos de designers populares. No entanto, o mercado que vale a pena conferir este ano é em Münsterhof – a mais nova adição, com o slogan “De Zurique para Zurique” -, onde todos os fornecedores são locais. Desfrute de vinho quente, de uma vinícola local, compre meias de designers locais ou lembranças comestíveis como molhos Tsuri.

Datas: 24 de novembro a 24 de dezembro

Mercado de Natal de Vilnius Uptown, Lituânia

Fonte: The Guardian

Os mercados de Natal são relativamente novos em Vilnius, com muitos deles a aparecerem só na última década. Este mercados oferecem café de bolota acabado de torrar em vez de vinho quente. A maioria é moderna nas suas ofertas e decoração – procure “twists” contemporâneos nas decorações e festividades tradicionais de Natal em toda a cidade. O mercado de Natal da parte alta da cidade, no Loftas Art Centre, é o local ideal para encontrar casacos da moda, joias volumosas e uma galeria aberta que celebra os jovens artistas da cidade. Para sentir o espírito festivo, dirija-se ao International Christmas Charity Bazaar, que vende presentes que apoiam várias organizações sem fins lucrativos e fica localizado na Praça da Catedral, onde se encontra a maior árvore de Natal da cidade (e uma das mais impressionantes da Europa).

Datas: Christmas Charity Bazaar – 3 de dezembro; Uptown Christmas Market – 21 a 23 de dezembro.

Mercado de Natal de Liseberg, Gotemburgo, Suécia

Fonte: Goran Assner/Imagebank Sweden

Os Jardins Liseberg em Gotemburgo recebem eventos de arte durante todo o ano, mas o mais divertido (principalmente para as crianças) é o mercado de Natal realizado no parque temático Liseberg, que se torna num “winter wonderland” em dezembro. Há uma pista de patinagem no gelo, uma Santa’s Village com oficinas de duendes, stands e restaurante que serve comida de natal típica da Suécia. Gotemburgo foi classificada como a cidade mais sustentável do mundo pelo sexto ano consecutivo, pelo que não surpreende que os 5 milhões de luzes de Natal que iluminam o parque sejam alimentadas pela própria turbina eólica de Liseberg.

Datas: 19 de novembro a 30 de dezembro

Berner Sternenmarkt, Berna, Suíça

Fonte: Berne Welcome

Comece sua peregrinação no mercado de Natal, localizado no histórico hotel Schweizerhof Bern, para uma atividade de Natal muito europeia, saboreando ostras e champanhe na Jack’s Brasserie antes de seguir para o mercado de Natal mais cool de Berna. O Berner Sternenmarkt oferece vistas panorâmicas da capital da Suíça e 80 stands selecionados, que mudam semanalmente durante o mês de dezembro, e que vendem desde saboneteiras suíças, velas perfumadas da vila de Mürren, até guloseimas comestíveis que beneficiam comunidades na Tanzânia e Bali.

Datas: 24 de novembro a 30 de dezembro

Mercado de Natal de Fulpmes, Vale de Stubai, Áustria

Fonte: Stubai

Fulpmes, no Vale de Stubai, é o lar de um mercado de Natal surpreendente, que conta com o seu próprio teatro ao ar livre. A oferta regional inclui o kiahl, um prato doce e salgado feito com marmelada e chucrute, consumido apenas no Natal. Mas o destaque vai para o teatro ao ar livre – Theatre in der staden Zeit -, onde as famílias se reúnem à luz das velas para apreciarem o Krampus, um conto popular sobre um monstro meio bode, meio demónio que castiga crianças mal comportadas no Natal.

Datas: 2, 3, 8, 9, 10 de dezembro

Fira de Santa Llúcia, Barcelona, ​​Espanha

Foto: Albert Salamé / VWFoto

A Fira de Santa Llúcia é um mercado tradicional natalício catalão, realizado na Praça da Catedral, e que conta com 20 árvores de Natal iluminadas, presépios e stands de doces e enfeites festivos. Datado de 1786, é um evento alegre, onde as famílias se reunem para ouvir música tradicional natalícia e provar a comida típica desta época do ano, incluindo escudella, um guisado que os espanhóis consomem no Natal. Um dos principais destaque para as crianças é um tronco gigante, intitulado Caga Tió, que é recheado com torrão e outros doces e que depois é esmagado em pequenos pedaços para que as crianças possam provar.

Datas: 25 de novembro a 23 de dezembro

Artigo anteriorPlanos para o fim-de-semana? Book Club com a autora do sucesso da Netflix “A Imperatriz” no Porto
Próximo artigoTATEL & TOTÓ: Restaurantes de Cristiano Ronaldo e Rafael Nadal chegam ao Dubai em 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui