Os pores-do-sol cativam qualquer pessoa e são os protagonistas de milhares de fotos tiradas por viajantes em todo o mundo. No entanto, não devemos subestimar a beleza das luzes dos primeiros raios de sol. Talvez seja necessário um pouco mais de esforço para contemplar este momento, mas quem é não se importa de se levantar mais cedo para admirar tamanho espetáculo da natureza no seu máximo esplendor? A Civitatis reuniu numa lista os amanheceres mais famosos do mundo.

Ahu Tongariki, um lugar cheio de misticismo

Este lugar enigmático na costa leste da Ilha de Páscoa é cativante. O sítio arqueológico é composto por quinze moais, umas esculturas monolíticas erguidas em homenagem aos antepassados destas terras. Embora haja muito debate sobre estas estátuas, acredita-se que as suas origens datam de entre os séculos IX e XVI. O contraste da cor escura destas estátuas de costas viradas para o oceano Pacífico e os tons avermelhados do nascer do sol constituem pura beleza. Segundo a Civitatis este é um dos amanheceres mais bonitos do Chile.

Bagan, um amanhecer entre templos

Em Myanmar é possível ver outro dos amanheceres mais bonitos do mundo. A cidade de Bagan, caraterizada pelos seus templos, foi a capital do reino de Pagan por mais de dois séculos. Este império foi o primeiro a unificar as terras da Birmânia. Daí a grande proliferação de edifícios religiosos, o que concedia um caráter poderoso à cidade. Séculos depois, este lugar é história viva, mas é também um dos lugares mais fotogénicos do país. A forma ideal de desfrutar deste amanhecer é subir um pagode, como o Buledi Paya, e admirar este espetáculo das alturas. De lá, é possível ver como o sol começa a aparecer e a iluminar estas planícies declaradas Património da Humanidade.

Abu Simbel, um amanhecer em terras faraónicas

Abu Simbel dispensa apresentações. Este famoso complexo monumental do Antigo Egito é composto por dois templos esculpidos na rocha, um dedicado a Ramsés II e outro à sua esposa Nefertari. Além do seu bom estado de conservação, já que permaneceu oculto debaixo da areia até ao século XIX, este local é ideal para desfrutar de um belo nascer do sol.

Tenerife e o seu emblemático Parque Nacional do Teide

Em Espanha também há amanheceres de sonho. Talvez por isso Hollywood tenha escolhido a ilha de Tenerife para aparecer em inúmeros filmes americanos. Velocidade Furiosa 6, Confronto de Titãs, Jason Bourne ou Rambo: A Última Batalha são algumas das longas-metragens que foram filmadas na maior das Ilhas Canárias. O Teide é o protagonista indiscutível de algumas das suas cenas. Precisamente neste vulcão é possível contemplar um dos amanheceres mais impressionantes do mundo, segundo a Civitatis. Para desfrutar deste momento, recomendamos passar a noite num dos alojamentos do Parque Nacional do Teide ou conduzir muito cedo até um dos miradouros mais famosos, tal como La Tarta ou Chipeque.

Masai Mara, um nascer do sol selvagem

O Quénia é um destino ideal para uma lua-de-mel, mas também pode ser visitado em qualquer outra ocasião, já que os planos que oferece e a sua natureza são sempre surpreendentes. Uma das experiências imperdíveis é um passeio de balão por Masai Mara ao amanhecer. Ao voar sobre as planícies desta reserva natural, é possível ver como o sol começa a iluminar a savana africana enquanto os animais selvagens começam a aparecer.

Deserto do Saara, a primeira luz do dia num lugar inóspito

Por falar em paisagens inóspitas e únicas, o deserto do Saara é outro daqueles lugares onde pode desfrutar da primeira luz do dia de uma forma original e verdadeiramente romântica. Seja na Tunísia ou em Marrocos, existem várias excursões para ver o nascer do sol neste lugar. Se quiser viver uma experiência ao mais puro estilo beduíno, uma ótima opção é reservar uma noite no deserto do Saara, já que inclui alojamento num acampamento de luxo no meio das dunas.

Istambul, amanhecer no Corno de Ouro

Ver o nascer do sol sobre o Corno de Ouro é algo que fica na memória para sempre. Este estuário de Istambul é a porta de entrada para o Estreito do Bósforo e um importante eixo onde convergem mesquitas e outros edifícios históricos. Ver o nascer do sol encher de luz as vistas com os minaretes dos templos como pano de fundo é algo que não se pode descrever com palavras.

Haleakala, o sol é assim no Havai

O nascer do sol em Haleakala, na ilha de Maui, é tão incrível que tem até lista de espera. Para desfrutar deste momento mágico a mais de 3000 metros de altura, é obrigatório fazer o registo no site oficial deste parque nacional havaiano. Este sistema foi organizado para preservar a área natural, evitar a massificação da zona e para proporcionar uma visita muito mais tranquila. Visitar Haleakala permite observar como as cores do nascer do sol se espalham por essas terras vulcânicas a perder de vista. Além disso, após esta experiência, é possível aproveitar as trilhas oferecidas pelo parque para descobrir a sua rica biodiversidade composta por mais de 850 endemismos.

Uluru, nascer do sol na rocha sagrada australiana

Este monólito sagrado, de 340 metros de altura, irradia misticismo e beleza. Diz-se que vivem seres mitológicos nesta rocha localizada no Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta. Pelo menos essa é a mensagem que tem sido passada de geração em geração entre as tribos indígenas australianas. Verdade ou não, o que é indiscutível é que o amanhecer aqui é algo único.

La Albufera, um lugar mágico no Levante

Esta área protegida é composta por extensos campos de arroz, inúmeras aves, pequenas casas e uma imensa lagoa. Um plano ideal é conhecer este lugar, bem perto de Valência, no início do dia para desfrutar das cores incríveis que os primeiros raios de sol do dia dão às águas e aos cultivos.

Artigo anteriorUptown Bar reabre no centro de Lisboa com diversos cocktails e descontos até 25%
Próximo artigoLisbon Marriott Hotel recebe Hello Summer Wine Party, a festa vínica que celebra o verão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui