Fonte: Sou Quarteira

O festival Sou Quarteira terá uma edição especial em outubro, “Ela por Ela”, com um cartaz “composto exclusivamente por artistas mulheres”, que irá acontecer no Bairro da Abelheira e terá entrada gratuita, anunciou a organização.

A edição especial “Ela por Ela” do Sou Quarteira, marcada para 1 de outubro, “além de celebrar Quarteira num dos seus bairros mais genuínos, com as suas gentes e todos os seus visitantes, pretende também alertar e sensibilizar para o paradigma cultural que se vive nos dias de hoje, combatendo a falta de espaço dado às artistas femininas”, refere a organização, num comunicado divulgado esta quinta-feira.

O cartaz “espelha o enorme e diversificado talento no Feminino” e inclui Nenny, Kady, que “preparou um concerto muito especial ao convidar as artistas emergentes Nayela, Soluna e Éllàh, e as Batukadeiras X, “conjunto de mulheres que interpreta peças de batuque, e que, em 2019, foi convidado a participar no single ‘Batuka’, de Madonna, e partiu em digressão com a cantora norte-americana”, refere a organização. Para a atuação no “Ela por Ela”, as Batukadeiras X convidaram duas artistas de Quarteira, Isa de Brito e Alícia Rosa.

O cartaz do “Ela por Ela”, através do qual a organização pretende “sensibilizar para uma maior representatividade e presença de artistas femininas nos grandes cartazes de festivais, não só nacionais como europeus”, inclui ainda a DJ San Farafina.

Além da música, o “Ela por Ela” propõe-se a “ajudar as futuras líderes de Quarteira a fortalecer a sua confiança e a amplificar a sua voz”, através do “Programa de liderança Feminina”, área da programação dedicada ao “empoderamento feminino”.

Este programa, pensado em colaboração com a associação Girls For Girls Portugal, “visa oferecer, através de diferentes sessões, um programa de impacto social direcionado a raparigas e jovens mulheres locais”.

A iniciativa acontece no Bairro da Abelheira, no âmbito dos 30 anos do Programa Especial de Realojamento (PER), “com o intuito de envolver toda a comunidade e as associações locais, numa experiência única e imersível”. O “Ela por Ela” é organizado pelo Movimento Sou Quarteira, em parceria com a Câmara Municipal de Loulé.

O Movimento Sou Quarteira une quatro jovens locais – Dino D’Santiago, Inês Oliveira, Miguel Jacinto e Naomi Guerreiro -, “que procuram mostrar através de um conjunto de atividades o talento de Quarteira em várias áreas, desde das artes ao desporto”.

O objetivo dos quatro, conforme foi anunciado em 2019, aquando a 1.ª edição do festival Sou Quarteira, passa por “afirmar a identidade de Quarteira na sua globalidade: geográfica, cultural, social e económica, procurando mostrar a diversidade de experiências culturais e sociais que valorizem a cidade, além da indústria do turismo balnear e da hotelaria”.

Artigo anteriorFestival das Francesinhas volta a Oeiras de 22 de setembro a 2 de outubro e traz novidades
Próximo artigoDia 23 de setembro há visitas noturnas (com figuração) ao Convento dos Capuchos, em Sintra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui