House of The Dragon

Depois de três longos anos desde o fim da série “The Game of Thrones” (GoT) , finalmente chegou um novo mundo de fantasia de George RR Martin, “House of the Dragon” repleto de tribos guerreiras, intrigas políticas e répteis que respiram fogo.

Esta nova saga funciona como uma prequela ao enorme sucesso da HBO, trazendo-nos os acontecimentos que levaram ao fim da dinastia Targaryen e ao estatuto de fora-da-lei de Daenerys dois séculos mais tarde, quando fomos apresentados pela primeira vez ao universo GoT.

Além de um elenco notável, tal como na série Gotcenários épicos, criados através de uma combinação de filmagens de estúdio e de localização. “House of The Dragon” fez uso do Reino Unido para grande parte disto, baseando a sua operação no estúdio Warner Bros em Leavesden, em Hertfordshire.

A antecipada prequela da série GoT apresenta alguns ícones e novos locais que os fãs da fantasia podem visitar – desde Cornualha e Peak District, a Espanha e Portugal. A Condé Nast Traveller criou um guia com os cenários da série “House of The Dragon” que ajudaram a criar o que será certamente uma das séries mais assistida de 2022.

Cornualha, Reino Unido

Feito à medida do universo George RR Martin, o St. Michael’s Mount fica na costa sul da Cornualha, perto de Penzance. Uma ilha dominada pelo St. Michael’s Castel, os seus edifícios datam ao século XII. Durante mais de 300 anos, tem sido a casa dos Lordes St Levan, que agora a alugam ao National Trust. Numa adaptação cinematográfica de 1979 de Drácula, o monte irá incorporar o Driftmark, lar da Casa Velaryon, na Baía de Blackwater.

A leste do St. Michael’s Mount até à Península de Lizard está Kynance Cove, onde foi construído um acampamento de Velaryon na praia. Com a sua combinação de areia branca, água turquesa e rochas, Kynance é conhecida pelas suas grutas naturais.

As filmagens também tiveram lugar na costa norte de Holywell Beach, perto da meca do surf de Newquay. Aqui, Daemon e Rhaenyra Targaryen (Matt Smith e Emma D’Arcy) apareceram numa cabana de madeira e um barco nas areias, em cenários como os de Kynance, nas ilhas infestadas de piratas das Stepstones. Holywell Beach foi frequentemente vista na série Poldark e também representou a Coreia do Norte no filme Bond, Die Another Day.

Enquanto estava na Cornualha, a produção também atravessou a fronteira para Devon para filmar no Hartland Quay, conhecido pelas suas dramáticas paisagens marítimas e penhascos espectaculares. A região tem sido frequentemente vista em filmes, desde a clássica adaptação Disney da Ilha do Tesouro em 1950 até à versão de Rebecca da Netflix de 2020.

Derbyshire, Reino Unido

Para contrastar com a paisagem costeira da Cornualha, as colinas e vales do Peack District também deixarão a sua marca na série. A produção baseou-se no centro pedestre de Castleton e também filmou na zona circundante. Entre os locais utilizados estavam Cave Dale, um vale estreito de calcário criado pelo degelo de glaciares onde as faces das rochas e o silêncio parecem parar o tempo, e Eldon Hill, onde as pedreiras com degraus, criam a impressão de um antigo anfiteatro. Também será apresentado o lendário Mam Tor, o local de 520m de um forte da Idade do Bronze, rodeado por um sistema de grutas abertas ao público.

Hampshire, Reino Unido

Geralmente visto em dramas do período do século XIX, Hampshire foi local escolhido para gravar a cena do torneio na próxima série. Localizado no Caesar’s Camp perto de Aldershot -o local de um forte da Idade do Ferro – a área foi ocupada por tendas e por uma multidão de figurantes.

Cácares, Espanha

Esta cidade medieval espanhola será familiar aos espectadores de “The Game of Thrones” pelo seu aparecimento como King’s Landing na Temporada 7. Desta vez as ruas da cidade, as suas torres e gárgulas, vão dar vida à capital na nova série “House of the Dragon”. Para além das suas aparências no ecrã, é um destino popular pela sua mistura de arquitectura romana, moura, gótica e renascentista, sendo a cidade Património Mundial da UNESCO.

Trujillo, Espanha

A leste de Cácares, esta cidade oferece uma mistura semelhante de arquitectura histórica que remonta à conquista romana. O seu castelo, fundado durante a ocupação moura, foi também visto em “The Game of Thrones” como parte de King’s Landing.

Granada, Espanha

Um novo local para esta série é o Castillo de la Calahorra, na província de Granada, construído no início do século XVI com vista para a aldeia com o mesmo nome. As suas muralhas escondem um vasto pátio com colunatas, que foi utilizado como local para o aclamado filme Stardust, de 1974.

Lloret de Mar, Espanha

Outro monumento espanhol com influências da época renascentista italiana são os Jardins de Santa Clotilde que oferecem vistas deslumbrantes sobre o Mar das Baleares a poucos quilómetros da costa de Barcelona.

Monsanto, Portugal

Monsanto é também um dos cenários desta prequela. Conhecida como a Cidade da Pedra pela forma como a sua arquitectura se integra na paisagem rochosa, é dominada por um castelo medieval em ruínas na Montanha Santa que dá à aldeia histórica da Beira Baixa o seu nome. As suas ruas calcetadas capelas e rochas de granito são igualmente pitorescas.

Nomeada a “Aldeia Mais Portuguesa de Portugal”, a paisagem circundante da Serra da Estrela fazem de Monsanto um cenário dramático perfeito para a saga.

Artigo anteriorWanda Stuart em digressão nos hóteis NAU de Albufeira
Próximo artigoEstas são as 10 melhores cidades para correr e Lisboa é uma delas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui