Nemuno7

Muitas cidades estão a concentrar-se na reinterpretação dos significados passados dos edifícios e na reimaginação do seu valor, abordando preocupações como a sustentabilidade e a preservação histórica. Um estudo recente nos EUA revelou que está a aumentar a popularidade da reutilização adaptativa – edifícios que em tempos tiveram um fim mas que foram convertidos para terem outro propósito.

A Lituânia tem assistido a um aumento na reurbanização de vários edifícios, especialmente na última década. À medida que a urbanização continuou a expandir-se, os antigos cafés esquecidos, as plataformas de comboios, e até uma prisão receberam nova vida, unindo as comunidades locais como novos pontos de encontro cultural. Os viajantes que visitam a Lituânia têm uma oportunidade única de testemunhar como o passado e o presente do país se fundem nestes 6 espaços que ganharam uma nova vida.

Bebidas com Tony Soprano

Um animado, industrial e colorido bar com o nome de Peronas criou raízes junto aos carris do antigo edifício da estação de comboios em Vilnius, capital da Lituânia. A estação foi construída em 1950 e funcionou principalmente como uma paragem para viajantes que iam de São Petersburgo a Varsóvia.

O bar funciona agora como um ponto de encontro social, uma galeria de arte e a localização da famosa estátua de Tony Soprano que saúda os passageiros quando chegam ao Station District da capital, que foi nomeado como um dos bairros mais cool do mundo pela Time Out.

Antiga prisão mistura música, arte e património histórico

A prisão de Lukiškės foi construída em Vilnius, a capital da Lituânia, em 1905. O complexo albergava criminosos e prisioneiros políticos considerados indesejáveis pelas administrações políticas que estavam no poder em diferentes momentos, tais como a Rússia czarista, a Alemanha nazi, e os soviéticos. Tendo sido utilizada durante um século, o complexo deixou de servir como prisão em 2019 e começou a funcionar como a prisão Lukiškės 2.0.

O edifício é agora um local de encontro público de cultura, expressão criativa e comunidade – albergando mais de 250 artistas, exposições históricas e de arte, assim como múltiplos bares e um local alternativo para concertos. Vários artistas mundialmente conhecidos atuaram no local – desde o artista indie britânico King Krule até ao grupo techno alemão Moderat – atraindo tanto locais como turistas para a prisão centenária. A prisão também foi transformada no local de filmagens de Stranger Things, na quarta temporada da série da Netflix.

O renascimento de espaços industriais

Instalado numa antiga fábrica de gravadores de vídeo, surgiu um novo centro cultural – a LOFTAS Art Factory – que está a dar ao edifício industrial uma nova camada de tinta fresca e ideias. Embora o LOFTAS já não produza qualquer equipamento áudio, tem no entanto um impacto significativo na cultura musical da Lituânia.

O centro serve de local de atuação, dando palco aos artistas e pequenas bandas emergentes e albergando artistas de renome de todo o mundo. Os visitantes são recebidos pela sua atmosfera ‘free spirit’ antes mesmo de entrarem no edifício, uma vez que as instalações estão cobertas de enormes morais artísticos.

Energia juvenil à beira-mar

Um dos destinos noturnos de Klaipėda’s – a maior cidade portuária da Lituânia – situa-se mesmo ao lado do porto marítimo, num complexo industrial inativo. Intitulado Hofas, é um espaço cultural que capta a sensação lúdica de uma infância passada com amigos no estaleiro. O complexo dispõe de vários bares – incluindo o famoso Herkus Kantas – juntamente com um local de concertos para os visitantes desfrutarem.

As antigas docas do navio estão repletas de experiências pensadas para um apreciador da cultura e entretenimento contemporâneos – desde bandas de música indie e noites de cinema de artilharia locais, a DJs e discotecas de renome. Além disso, uma galeria de arte chamada Tema, localizada de frente para o rio Danė, apresenta um espaço de exposição e alojamento para artistas cujos trabalhos artísticos e performances se tornaram uma parte inseparável do espaço. Workations, sessões de yoga ao fim-de-semana, e uma variedade de outros projetos culturais também têm lugar nas diversas áreas de Hofas.

O grande navio da cultura

Nemuno7 – localizado na cidade de Zapyškis perto de Kaunas, a segunda maior cidade da Lituânia – é o nome original de um barco utilizado para aumentar a profundidade do leito do rio Nemunas. A solução para este navio não utilizado e ambientalmente nocivo surgiu como uma união de sustentabilidade, natureza, e cultura. O barco original permanece intacto apenas com adições arquitetónicas mínimas, mantendo a autenticidade do local.

Hoje em dia, o espaço renovado alberga exposições de arte focadas na ecologia, eventos interdisciplinares, e outras performances inspiradas no rio Nemunas. Estão disponíveis visitas guiadas para os interessados em aprender a importância do maior rio da Lituânia e a sua história.

No coração da ‘art scene’ de Kaunas

A Kaunas Picture Gallery, uma filial do Museu de Arte M.K. Čiurlionis, abriu as suas portas em 1979. No seu primeiro andar estavam localizados o salão de exposições principal, o átrio, o vestiário e o café – que após mais de trinta anos renasceram como Kultūra.

Mantendo o espírito inspirado no movimento artístico Fluxus e a decoração autêntica, o café é agora um ponto de encontro para todos os tipos de visitantes – desde a juventude boémia até aos amantes de arte que têm sido clientes desde a abertura inicial da galeria. Uma das áreas mais apreciadas de Kultūra é o seu terraço e escadas circundantes, incluindo a zona da fonte adjacente aos assentos exteriores. Os habitantes locais encontram um canto do café que lhes é querido e bebem bebidas refrescantes à medida que os acontecimentos inesperados da noite se desenrolam – desde convidados que exibem as suas habilidades pianísticas até uma atuação improvisada de violino que irrompe do meio da multidão.

Artigo anteriorO Uptown Bar em Lisboa está a oferecer uma bebida na compra de outra até ao fim do mês
Próximo artigoCrianças até aos 11 anos voam grátis para a Madeira com a TAP entre 1 de outubro e 15 de novembro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui