Motivos não faltam para visitar a região de Aveiro, desde os canais onde circulam os típicos moliceiros à arquitetura Art Nouveau, passando pela Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto. Mas agora existe mais um: a Grande Rota da Ria da Aveiro.

São quase 600 quilómetros, divididos em três percursos, com diferentes graus de dificuldade, mas com algo em comum: promover o património natural da Ria de Aveiro.

Criada pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, a Grande Rota da Ria de Aveiro abrange áreas classificadas de reconhecido valor natural e também redes de percursos pedestres, centros de BTT e ciclovias desenvolvidas pelos 11 Municípios que a integram.

Tratando-se de três percursos autónomos, para já está disponível o Percurso Azul, que conta com uma extensão de 131 quilómetros. Este percurso faz-se em torno do canal da Ria de Aveiro, atravessando o território dos concelhos de Ovar, Murtosa, Estarreja, Aveiro, Ílhavo, Vagos e, parcialmente, Albergaria-a-Velha. Com duração de seis dias, o Percurso Azul é circular e cerca de metade decorre em piso duro e o restante é em terra batida, com alguns troços em passadiço de madeira. Pode ser realizado em qualquer época do ano e está indicado para quem procura a prática de atividades de cycling & walking suaves, não oferecendo grandes desafios físicos.

Por abrir ficam ainda os percursos Dourado (235km) e Verde (196km), o primeiro atravessa os territórios do interior e expanade-se para os espaços costeiros. Já o percurso Verde rodeia os territórios do Interior da Região, destacando assim as zonas mais montanhosas.



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui