A cozinha do Mama Shelter Lisboa, sob a direção do conceituado Chef Nuno Bandeira de Lima, tem agora um novo conjunto de propostas para a estação mais quente. Entre as seleções que homenageiam a cozinha portuguesa, incluindo pratos leves e vegetarianos como o quinteto de couves, e novas sobremesas – creme brulee e biscotti de maçã – a ementa do restaurante está agora mais fresca e pede momentos de partilha.

O Mama Shelter é mais que um restaurante, mas também um hotel. Em Lisboa continua a sua inconfundível filosofia de hospitalidade. Entre o conforto único dos quartos e o design espacial luxuoso, a marca foi definida pela equipa interna especialmente para Lisboa, reforçando a sua essência com o seu novo serviço de restauração.

Uma reinterpretação portuguesa da típica brasserie francesa, a decoração do restaurante está repleta de elementos étnicos. O teto apresenta um mural gigante, assinado por Beniloys, um artista de longa data colaboração com a marca Mama Shelter, que convida os clientes diretamente para o fundo do oceano, passando por centenas de peixes pintados à mão. Colunas de azulejos e capitéis decorados com peixes e crustáceos em cerâmica da Bordallo Pinheiro, também suspensos por um grande candeeiro por cima do bar, completam o ambiente do restaurante – uma verdadeira homenagem à história marítima de Portugal.

À semelhança do resto do grupo, toda a louça do Mama Shelter Lisboa – pratos e copos – é produzida em Portugal. Os serviços de restauração e bebidas do Mama Shelter Lisboa são pensados ​​para hóspedes e turistas, como descreve o fundador da marca Serge Trigano, cada unidade: “um restaurante com um quarto”.

Entradas e pratos de cozinha internacional também marcam presença, através do Ceviche de Salmão, da pasta Mama’s Parpadelle, do Tataki de Atum e do Piano com molho BBQ.

O restaurante do Mama Shelter Lisboa mantém na sua carta entradas como bife tártaro, amêijoas à bulhão Pato e burrata; pratos portugueses com um toque especial, como o polvo grelhado com húmus e o pica-pau de novilho; e as opções frescas como as saladas caesar – de frango ou de bacalhau – e a salada de cabra louca.

Artigo anteriorSoMos: sabores tradicionais para saborear ao jantar no São João
Próximo artigoNovo espaço em Portugal homenageia pastores da Serra da Estrela com a venda de lã e queijo dessa região

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui