Socalco Nature Hotel, na Calheta, Madeira

Apesar da pandemia, a hotelaria e o turismo em Portugal continuam a surpreender e há várias novidades este ano. Quando for possível sair de casa, pode reservar uma estadia num destes hotéis novinhos em folha. Alguns já abriram, outros abrem brevemente, mas já permitem reservas.

Yotel Porto

É o primeiro hotel da marca internacional Yotel em Portugal e a estreia acontece no Porto, na Rua de Gonçalo Cristovão, perto da estação de Metro da Trindade. Tem 153 quartos, ginásio, espaços comuns, área de cowork, restaurante e um “sky bar” no terraço, com vista sobre a cidade, acessível a hóspedes e visitantes. 
Com um ADN tecnológico, os espaços estão projetados para serem multifuncionais, ou seja, para trabalho ou diversão e, também por isso, o hotel apresenta descontos para estadias longas. Os quartos aqui têm nome de cabines, com um ambiente elegante e minimalista, em que não faltam as exclusivas  SmartBeds ™ (camas ajustáveis) e outras comodidades. O site do Yotel Porto já está operacional e já é possível fazer reservas.

Pena D’Água Boutique Hotel & Villas, Covilhã

Localizado na zona histórica da Covilhã, o Pena D´Água Boutique Hotel é um quatro estrelas com 15 quartos e quatro suites. A unidade é composta por dois edifícios históricos e dois novos edifícios criados de raiz destinados às Villas e ao Spa.
Inspirado pela Serra da Estrela, o foco do hotel é a sustentabilidade. A decoração é rica em texturas
orgânicas, tetos altos, papéis de parede requintados, madeiras nobres sem descurar pormenores de conforto para quem vive no século XXI. As 8 Villas, de arquitetura contemporânea minimalista, estão desenhadas para proporcionar o máximo conforto e privacidade.
As piscinas exterior e interior e o Spa estão interligadas através de uma ponte panorâmica e pelo amplo pátio-jardim. A gastronomia e enoteca serão um forte motivo de visita ao novo restaurante para os hóspedes e locais. Pode consultar o site e pedir informações sobre reservas aqui.

Blue Liberdade Hotel, Lisboa

Em plena Praça dos Restauradores, em Lisboa, o Blue Liberdade ocupa um prédio histórico completamente renovado. O hotel dispõe de 39 quartos, confortavelmente decorados e inspirados no azul da cidade. É um bom ponto de partida para visitar o centro da cidade, já que se encontra a poucos metros da icónica Avenida da Liberdade de baixa lisboeta. Abre brevemente.

São Vicente Alfama Hotel, Lisboa


O São Vicente Alfama Hotel é um hotel de quatro estrelas localizado no bairro mais típico da capital, Alfama. A unidade presta homenagem à história do edifício mãe, o Antigo Instituto de Artes e Ofícios, mas também ao padroeiro da cidade de Lisboa, São Vicente. Os 22 quartos estão elegantemente decorados de forma a garantir o maior conforto e bem-estar. O hotel vai ainda contar com um restaurante. De acordo com informação do site, abre brevemente.

Gavião Nature Village, Portalegre


O Gavião Nature Village é um projeto de glamping, que nasceu na Vila de Gavião, no distrito de Portalegre. São 13 tendas de glamping – devidamente equipadas e decoradas como se de um quarto de hotel se tratasse – e 10 bungalows, apoiados por um clubhouse composto por receção, bar/restaurante, sala de eventos, zonas de estar e de convívio e um pequeno spa. O projeto aposta na valorização dos recursos endógenos como a cortiça utilizada neste espaço, atualmente composto por 8 hectares. Além proporcionar uma inovadora experiência de alojamento, que potencia o contacto com a envolvente (o projecto estará a 400m da praia fluvial do Alamal e do rio Tejo e tem uma vista privilegiada sobre o castelo de Belver, que se encontra na margem norte do Tejo, a 3km do empreendimento), o Gavião Nature Village dedicar-se-á também à realização de retiros holísticos de yoga, meditação e desenvolvimento/conhecimento pessoal). Abre brevemente.

Socalco Nature Hotel, Madeira

O Socalco Nature Hotel, na Calheta, ilha da Madeira, proporciona aos hóspedes uma experiência 3 em 1: turismo rural, atelier gastronómico e farming. O projecto do Chef Octávio Freitas tem 18 unidades de alojamento perfeitamente enquadradas com as características naturais da zona e da região. Além de usufruir de uma estadia calma, concentrada na vista mar e nos socalcos cheios de vegetação circundante, os hóspedes também são convidados a participar nas diversas atividades de cariz gastronómico, vínico e agrícola, sejam aulas de cozinha com um Chef, passeios gastronómicos, ou participação nas tarefas da quinta, através da preparação de compotas ou do pão. A unidade mistura as zonas de lazer com zonas de vegetação, árvores de fruto, legumes e ervas aromáticas. Em algumas unidades, há um aproveitamento da parede rochosa como parte integrante do projeto de design de interior. Está aberto desde outubro de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui