Açores
Jardim Duque da Terceira-Angra do Heroísmo

A ilha dos Açores foi considerada pela revista espanhola Viajar o destino mais seguro e sustentável do 2021. A ilha dos Açores oferece aos seus visitantes a oportunidade de passar pelas 9 ilhas do arquipélago e o homem e o meio ambiente são um só em plena harmonia.

Foram destacadas 8 características positivas a ter em conta quando marcar as suas férias para a ilha dos Açores.

Destino Seguro

Açores
Ilha de São Jorge

A ilha dos Açores foi escolhida como um dos destinos de férias europeus mais seguros para viajar em 2021. Esta distinção, concedida pelo site European Best Destinations, baseia-se no baixo número de infeções por Covid-19 e pelas medidas de saúde e segurança para controlar a transmissão do vírus, que incluem testes para turistas que entrem no arquipélago.

Imunidade de grupo no Corvo

Açores
Ilha de São Miguel- piscinas

A prova de como existe segurança nos Açores é que a ilha do Corvo, a mais pequena do grupo, com apenas 465 habitantes, foi o primeiro território português, e um dos primeiros na Europa, a obter imunidade de grupo. De acordo com a Direção Regional de Saúde dos Açores, estão vacinados mais de 95% da população residente no Corvo com mais de 16 anos e cerca de 85% de toda a população insular.

Férias sustentáveis

Açores
Ilha da Flores

O cuidado com o património ecológico é também um fator importante para a distinção que destaca os Açores como um dos melhores locais para viajar este ano. Desfrutar plenamente da beleza das ilhas, evitando causar um impacto negativo no seu meio ambiente, é possível.

Isso é atestado pelos viajantes que escolhem este destino pautado pela sua consciência ambiental e, também, por alguns dos mais prestigiados prémios do setor. Os Açores tornaram-se em 2019 no primeiro arquipélago do mundo reconhecido como destino sustentável pelo programa EarthCheck Sustainable Destination, devido às suas práticas de preservação da cultura e dos ecossistemas terrestres e marinhos e ao seu desempenho nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Além disso, pelo terceiro ano consecutivo, fazem parte do Global Top 100 Sustainable Destinations, lista que reúne os 100 melhores destinos de turismo sustentável do mundo.

A de Açores e de Aventura

Açores
Percurso Pedestre nos Açores

Os Açores também estão presentes noutros rankings, como um dos melhores locais para os amantes da adrenalina. A sua fama ultrapassou fronteiras e em 2020 foram distinguidos como o Melhor Destino de Aventura na Europa no World Travel Awards. Quem escolher este destino poderá subir ao cume mais alto de Portugal (o vulcão do Pico Alto -2.351 metros-, na ilha do Pico), passear a cavalo, ver baleias, fazer canoagem, parapente, mergulho, surf , canoagem, caminhadas, ciclismo … para depois relaxar na praia ou numa piscina de águas termais.

Experiências de Terra

Açores
Caldeiras Vulcânicas- São Miguel

Os Açores oferecem 800 km de percursos, divididos em 89 percursos de grande interesse biogeológico e histórico-etnográfico, perfeitamente reabilitados e sinalizados. Em qualquer altura do ano, com guia ou sozinho, são muitas as opções disponíveis, com diferentes níveis de dificuldade, para a prática do BTT ou para uma longa caminhada.

Uma forma diferente de descobrir as ilhas e conectar-se plenamente com a natureza é percorrendo os seus caminhos a cavalo. E não se surpreenda se numa dessas caminhadas encontrar -se rodeado por fumarolas fumegantes. A génese dos Açores está impressa em 1776 vulcões, nove dos quais ainda estão ativos.

Experiências de Mar

Açores
Atividades de Mergulho- Açores

Os Açores são um oásis de vida marinha. A sua localização e as suas características únicas fazem destas ilhas um autêntico santuário para um grande e variado número de espécies marinhas, entre as quais se destacam cinco espécies de tartarugas marinhas, mais de 24 espécies diferentes de cetáceos e cerca de 600 espécies de peixes. É também crescente o número de visitantes que, à vela ou a motor, navegam pelos mares açorianos.

O paddle surf, a canoagem ou a caiaque são três atividades que também podem ser realizadas nas águas açorianas, quer em mar aberto ou nas suas maravilhosas lagoas.

Já à superfície, os Açores estão a caminho de ser o El Dorado de outra atividade aquática: o canyoning. São Miguel, São Jorge e Flores oferecem percursos de grande beleza, a maioria verticais, sem grandes fluxos, formados por rocha basáltica, águas muito escuras e vegetação que tudo cobre de verde.

Experiências por Ar

Açores
Porto de Angra do Heroísmo

Com os pés no chão, mas os olhos no céu, os Açores são internacionalmente conhecidos como destino de Bird Watching. Mas só observar o voo dos pássaros não basta, se sonha tocar as nuvens, o parapente oferece essa oportunidade. Atenção, a lagoa das “Sete Cidades”, na ilha de São Miguel, foi considerado, por um júri europeu, um dos 60 mais belos locais da Europa para voo livre.

Viagem pelas 9 ilhas

Açores
Ilha das Flores

Santa Maria, conhecida como a “Ilha do Sol”, é a ilha mais antiga, com cerca de 8 milhões de anos, e a mais oriental do arquipélago. Aqui estão as raras praias de areia branca do arquipélago. São Miguel é a ilha da lagoa das Sete Cidades , Lagoa do Fogo ou Furnas, a primeira escolhida como uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal . Existem também as únicas plantações de chá na Europa.

O centro histórico de Angra do Heroísmo, capital da ilha Terceira, é Património da Humanidade desde 1983. A Graciosa é também membro da Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO desde 2007 e possui um terreno plano e fértil, rico em produção agrícola e viticultura.

É de São Jorge que sai o famoso queijo que leva o nome da ilha, um dos melhores do mundo, declarado DOP (Denominação de Origem Protegida) em 1991. No Pico podemos subir ao ponto mais alto de Portugal, classificado como Reserva Natural desde 1982, e visitar a paisagem protegida da vinha do Pico, distinguida pela UNESCO e berço do cada vez mais conhecido vinho açoriano.

Açores
Lagoa “Sete Cidades” – São Miguel

O Faial, a 6 km do Pico, tem uma das marinas mais movimentadas e famosas do mundo, a Marina da Horta. No Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos, é possível relembrar uma das erupções mais bem documentadas do mundo, que se originou a uma milha da costa em setembro de 1957 e durou 13 meses. O Corvo, a irmã mais nova do arquipélago, situa-se sobre um vulcão que começou a surgir há cerca de 730 mil anos.

Por último, a ilha das Flores, o último local da Europa onde o sol se põe, visto ser o ponto mais ocidental do velho continente. Em 2009 foi incluída na rede da Reserva Mundial da Biosfera da UNESCO, pelo grau de preservação, pela abundância de florestas características e pela singularidade das escarpas e áreas marinhas adjacentes, principalmente devido ao uso sustentável dos recursos naturais.

 A hospitalidade açoriana foi um dos pontos destacados pela revista Viajar, destacando que “não podemos terminar este percurso pelas maravilhas dos Açores sem dar um nome ao seu povo. A hospitalidade açoriana é a marca inconfundível de um povo simples, acolhedor e amigo que, empenhado em preservar a riqueza de que é guardião, convida-nos a deliciar-nos com o que é seu e ajuda-nos a cada passo”.

Artigo anteriorCinco destinos para os fãs de xadrez e da série “Queen’s Gambit”
Próximo artigoAgência Abreu e Iberia levam portugueses a Porto Santo este verão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui