Campo de Concentração de Auschwitz, Alemanha.

O “turismo negro” (dark tourism) ganhou muitos adeptos nos últimos anos, o que se traduz num aumento da oferta para cobrir esta curiosa procura. Assassinatos, tráfico de drogas ou desastres nucleares são alguns dos temas sobre os quais milhares de pessoas têm concentrado o seu interesse ao organizar as suas viagens, em busca de destinos que foram marcados por algum evento macabro e nos quais atualmente se oferecem experiências ligadas à violência ou tragédia. Em resposta a esta nova tendência, a Civitatis selecionou algumas das melhores atividades para conhecer os templos da delinquência e do crime organizado em todo o mundo.

Tour da máfia por Palermo

Palermo é um dos grandes berços da máfia italiana. Famosa através do cinema e da literatura, tornou-se uma atração turística para os amantes do melhor noir. Seitas medievais que deram origem a tudo, mártires assassinados pela máfia, políticos corruptos e cenários pelos quais passearam os rostos mais conhecidos da Cosa Nostra. Neste passeio pelo lado mais sombrio de Palermo, não faltam detalhes sobre os episódios mais sangrentos da sua história.

As catacumbas de Paris

Localizadas no 14º arrondissement, perto do cemitério de Montparnasse, as Catacumbas de Paris são um sinistro cemitério subterrâneo composto por inúmeras galerias de ossuários. Estes túneis contêm os restos mortais de mais de seis milhões de parisienses empilhados nas paredes. Ao longo das galerias, podemos ver conjuntos escultóricos macabros feitos com os ossos, que dão o toque final de sordidez à cena macabra. Quem disse que Paris era a cidade da luz?

Tour de Pablo Escobar na Colômbia

Qual é a realidade por detrás do mito de Pablo Escobar? A intenção deste tour é explicar aos viajantes quem foi Pablo Emilio Escobar Gaviria e como ele teve impacto na vida de milhões de pessoas. O lançamento de várias séries e filmes sobre Escobar nos últimos anos tem despertado um interesse crescente na figura do traficante de droga mais famoso de todos os tempos. Com este tour, os viajantes poderão fazer uma rota pelo coração da sua organização e entender as suas dimensões além da ficção televisiva.

Visita ao Museu da Máfia em Las Vegas

Se o viajante quiser desfrutar de uma das exposições mais curiosas de Las Vegas e entrar no submundo do crime organizado, este bilhete para o Museu Nacional da Delinquência Organizada e Aplicação da Lei, mais conhecido como o Museu da Máfia, é ideal para si. Aqui, podemos ver os episódios mais destacados da máfia como a Matança de São Valentim de 1929 (quando Al Capone ordenou matar os membros do clã Moran) e contemplar o muro real onde foram fuzilados. Além disso, conta com uma grande coleção de armas, gravações obtidas pelo FBI efetuadas através da interceção de telefones e outros objetos pertencentes aos ‘capos’ de diferentes organizações.

Rota de Jack, o Estripador no Reino Unido

Não pode perder um tour sobre o serial killer mais famoso da história. Esta rota segue os passos de Jack, “o Estripador” por todos os recantos de Whitechapel. Tudo começou ali, com o corpo de uma mulher em frente às portas de um estabelecimento. Era 31 de agosto de 1888. Desde então, o terror cresceu para dar forma à lenda de um monstro que, até hoje, permanece sem rosto. Só conhecemos o seu trabalho macabro. E o nome com que assinou aquelas cartas aterrorizantes: Jack…

Tour dos yakuza por Osaka

Este tour noturno entra na cultura local de Osaka para mostrar ao viajante a sua cara mais oculta. Durante três horas, as casas de jogos, armazéns e estabelecimentos clandestinos são os protagonistas. Verá a cidade transformar-se completamente à medida que ouve as histórias da yakuza, a temível máfia japonesa, e entende a sua importância no desenvolvimento da história japonesa. Crimes, rituais, roubos e antigos códigos de honra. A trajetória desta organização continua a despertar uma enorme curiosidade em todo o mundo. Agora, é possível descobri-la em primeira mão (e com jantar incluído num dos seus santuários).

Artigo anteriorJá pode visitar os espaços emblemáticos da Universidade de Coimbra sem sair de casa
Próximo artigoDo Oceanário de Lisboa à Ponte Suspensa de Arouca. Os melhores museus e atrações de Portugal, segundo a Tiquets

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui