Tailândia

Embora muitos destinos de férias tenham suprimido os seus requisitos em relação aos testes pré-viagem (alguns deles suprimiram todas as regras relacionadas com a covid), muitos países de médio e longo curso ainda pedem testagem antes de viajar.

Não existem regras rigorosas de região para região – na Ásia, por exemplo, os viajantes britânicos ainda não podem visitar a China ou o Japão por razões de turismo, enquanto que a Coreia do Sul está aberta a todas as pessoas vacinadas. O Oceano Índico, as Maurícias e as Maldivas acabaram com a pré-testagem, mas Madagáscar continua a ter regras bastante rígidas.

A Austrália é o pais mais recente a acabar com esta medida. Desde dia 6 de julho à meia noite, hora local, os visitantes não precisam de declarar o seu estado de vacinação ou preencher um formulário de localização de passageiros.

Aqui, estão os destinos onde ainda é necessário testes para poder viajar.

Madagáscar

Madagáscar

Madagáscar não exige declaração de vacinação para entrar, mas exige que todos os viajantes sejam submetidos a um teste PCR nas 72 horas anteriores à partida e um teste de antigénios à chegada ao país. Deve pagar para fazer o teste à chegada, a um custo de cerca de 15€. Se o teste der positivo, deve fazer quarentena no hotel durante sete dias, às suas próprias custas.

Japão

Japão

O Japão só está aberto a visitantes do Reino Unido, que viajem em grupo, e a viagem tem de ser previamente aprovada pelo governo- embora tanto os viajantes totalmente vacinados como os não vacinados, sejam bem-vindos a estas viagens. No entanto, há esperanças de que isto venha a expandir-se para incluir turistas individuais nos próximos meses. Os requisitos de teste para os poucos sortudos que podem ir são os seguintes: todos os visitantes devem fazer um teste covid-19 aprovado nas 72 horas antes da hora de partida do voo – pode ser um teste ácido nucleico, tal como um teste RT-PCR ou LAMP, ou um “teste qualitativo de antigénios”. Devem também assinar um compromisso escrito como estão dispostos a cumprir as regras sanitárias locais da covid, e preencher um questionário de saúde antes da viagem.

Ruanda

Ruanda

Os testes são obrigatórios para todos os visitantes com mais de cinco anos, mesmo que esteja vacinado. Pode fazer um teste rápido de antigénio (administrado profissionalmente) nas 72 horas anteriores à hora de partida, mas já não tem de fazer um teste PCR à chegada. Além disso não existe um formulário de localização de passageiros. Alguns parques nacionais dentro do país requerem um teste covid adicional antes da sua visita.

Rússia

Rússia

Embora o Ministério dos Negócios Estrangeiros aconselhe actualmente contra todas as viagens à Rússia, se tivesse uma razão essencial para ir, teria de realizar um teste PCR negativo nas 48 horas que antecederam a sua chegada. Os passageiros podem ser examinados para mais testes à chegada.

As Filipinas

As Filipinas

Apenas pessoas completamente vacinadas podem viajar para as Filipinas, e devem fazer um teste PCR nas 48 horas anteriores à partida ou um teste de antigénio nas 24 horas antes. As crianças com 11 anos ou menos, que não estão vacinadas só podem acompanhar os pais se estes estiverem vacinados. As crianças com menos de três anos não têm de estar vacinadas.

Deve apresentar o seu comprovativo de vacinação, um bilhete de regresso válido para a sua viagem à chegada, um passaporte com validade de seis meses e um seguro de viagem com cobertura mínima de 34€, incluindo o tratamento covid.

Coreia do Sul

Coreia do Sul

Todos os visitantes da Coreia do Sul – quer estejam totalmente vacinados ou não – devem carregar a sua viagem e informações de contacto no website Código Q antes da partida. Esta plataforma exige que forneça um resultado negativo de PCR, de um teste realizado nas 48 horas antes da partida, ou um teste de antigénios administrado profissionalmente dentro de 24 horas, para receber um código QR. As autoridades também encorajam os turistas a trazer um certificado em papel com o resultado do teste Covid. As crianças com idade igual ou inferior a cinco anos não precisam de ter um resultado negativo no teste para entrar, independentemente da vacinação.

Devem estar todos testados à chegada à Coreia, nas primeiras 72 horas da sua viagem – “Pode reservar uma marcação para um teste PCR à chegada ao aeroporto de Incheon ou fazer um teste PCR nas 72 horas seguintes à chegada à Coreia do Sul numa instituição médica perto do seu alojamento ou residência”, aconselha o governo. Qualquer pessoa que tenha um teste positivo deve então isolar-se num centro de quarentena durante sete dias.

Caraíbas

Caraíbas

As Caraíbas são actualmente uma mistura de regras: a República Dominicana, Cuba, Ilhas Virgens Americanas, Trinidade e Tobago e Jamaica acabaram com os requisitos para testes ou declarações de vacinas para viajantes, independentemente do estatuto vacinal. Entretanto, Santa Lúcia, Antígua, Bahamas, São Maarten, Ilhas Caimão e Barbados exigem um teste apenas para viajantes não vacinados ou parcialmente vacinados. (As Ilhas Caimão também exigem que os visitantes não vacinados sejam submetidos a quarentena durante sete dias).

No entanto, São Cristóvão e Nevis, Anguila, e as Ilhas Virgens Britânicas ainda requerem um teste a todos os adultos que chegam. Para São Cristóvão, uma PCR nos três dias anteriores à viagem ou um antigénio dentro de 24 horas fará o truque para os visitantes vacinados (os adultos não vacinados não são autorizados a entrar). Para as IVB, todas as pessoas com idade igual ou superior a cinco anos, independentemente do estado de vacinação, devem apresentar um teste rápido de antigénio negativo ou um teste PCR realizado nas 48 horas que antecedem a chegada. Anguila requer tanto uma prova de vacinação como um teste (um PCR com 72 horas/antigénio dentro de 48 horas), com os visitantes não vacinados impedidos de entrar.

Artigo anteriorAgora há aulas de yoga no AP Maria Nova Lounge, em Tavira
Próximo artigoCocktails, petiscos e música: o festival de bebidas Mix It regressa quinta-feira ao WOW Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui