Cerdeira

Se está à procura de um lugar calmo onde possa aproveitar as férias de verão de forma tranquila e longe da correria das cidades, este artigo é para si! Das 25 aldeias eleitas pela Trivago, deixamos-lhe aqui 10 sugestões para desfrutar de localidades mais ou menos isoladas algumas delas a dois passos da praia.

1- Marialva, Guarda

A cidadela de Marialva reúne vestígios arqueológicos de vários povos como os romanos. Este é um dos principais motivos para visitar esta que é uma das 12 aldeias históricas de Portugal. Neste pequeno povoado podem visitar-se ruínas Romanas, antigas casas judaicas, edifícios do século XVII e o castelo medieval. Mas Marialva oferece mais do que história. A sua localização privilegiada junto da natureza permite aos amantes do ar livre fazer desportos mais ou menos radicais, ou um conjunto de percursos que passam por Marialva e podem ser feitos a pé ou de bicicleta. Pode ficar no Hotel Longroiva Rural e nas Casas do Côro.

Castelo de Marialva

2- Cerdeira, Lousã

No início dos anos 80, a vaga de emigração levou a que esta aldeia de xisto, localizada na serra de Lousã, ficasse abandonada. No entanto um grupo de amigos foi recuperando as casas e transformando Cerdeira num projeto que alia a natureza à arte e que ainda hoje subsiste.

Todos os anos, em julho, Cerdeira recebe o festival Elementos à Solta – Art Meets Nature. A aldeia é sobretudo um local que alia a natureza e a criação artística. Há opções para todos os gostos, entre workshops de artes e atividades ao ar livre, com ou mais adrenalina. Perto de Cerdeira tem o hotel Cerdeira-Home for Creativity e o Palácio da Lousã Boutique Hotel.

Cerdeira

3- Castelo Novo, Fundão

Envolvida pela Serra da Gardunha, a cerca de 20 km do Fundão, a aldeia histórica de Castelo Novo é uma terra de contrastes entre o verde da paisagem e o cinzento das casas. Além do castelo, destacam-se as casas senhoriais que outrora pertenceram a famílias nobres locais.

A praia fluvial da ribeira de Alpreade, com bar e zona de relva, convida a uns mergulhos. Além das igrejas, capelas e chafarizes, esta aldeia tem muito mais para conhecer. Na sua lista de sítios a não perder inclua o Cabeço da Forca, as calçadas Romana e da Ordem dos Templários, a Via Antiga e a Lagariça, um lagar de vinho comunitário medieval e descubra mais sobre as duas lendas locais, a do Mosteiro e a da Belisandra. Se pretende ficar perto de Castelo Novo tem a Cerca Design House ou o Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa.

Castelo Novo

4- Dornes, Ferreira do Zêzere

Na margem do rio Zêzere a cerca de meia hora de Tomar, fica Dornes, um destino quase desconhecido pela maioria dos turistas. Esta é a aldeia ideal para uma escapadinha romântica de fim de semana. Além das vistas sobre o rio e da praia fluvial, os visitantes podem explorar o rio de canoa ou gaivota e visitar o monumento mais famoso de Dornes: a Torre Pentagonal.

Por estes lados pode conciliar o sossego e as idas à praia fluvial com passeios a pé ou caminhadas pela montanha. Com apenas dois restaurantes em Dornes, não será difícil decidir onde almoçar e jantar. Os pratos típicos são confecionados com produtos locais como a amêijoa, o peixe de rio ou o lagostim. Pode ficar na Casa do Adro Hotel ou na Vila dos Castanheiros, que ficam perto de Dornes.

Dornes

5- Azenhas do Mar, Sintra

Quer um refúgio perfeito de fim de semana? Azenhas do Mar é a resposta que procura, esta aldeia fica a cerca de 45 minutos da capital. As casas concentradas em cima do penhasco, com vista para a praia com piscina oceânica tornam este local um destino popular no verão. Se quer explorar a aldeia vai ter que subir e descer escadas mais ou menos íngremes, mas a vista compensa sempre o esforço.

O restaurante com o mesmo nome da aldeia faz parte do património local, um dos locais mais famosos para comer peixe fresco. A menos de 30 minutos de carro, não deixe de visitar o Cabo da Roca ou o centro histórico de Sintra. O centro de Colares está a 10 minutos das Azenhas do Mar e é imperdível passar pela Adega Cooperativa Regional de Colares, a mais antiga do país. Perto das Azenhas do Mar tem o Chalet O Amorzinho – Apartment Sweet Dreams ou o Arribas Sintra Hotel.

Azenhas do Mar

6- Evoramonte, Estremoz

Entre Évora e Estremoz, Evoramonte é um destino que tanto apela aos amantes da natureza como aos curiosos pelo património histórico. Imagem de marca incondicional é o castelo de formato distinto que se ergue na Serra d’Ossa. As casas caiadas de branco com barras de cores garridas compõem a imagem de uma aldeia tipicamente alentejana. Outros monumentos a visitar incluem a Igreja da Misericórdia, a casa da Convenção e a Igreja de Santa Maria.

Fora das muralhas, e em perfeita harmonia com os olivais que envolvem Evoramonte, pode ainda visitar algumas ermidas isoladas. A mais próxima, a cerca de 500 metros de distância, é a Ermida de São Sebastião. Para ficar perto de Evoramonte pode repousar no The Place at Evoramonte ou no Hotel Pousada Castelo Estremoz.

Evoramonte

7- Monsaraz, Reguengos de Monsaraz

A menos de 1 hora de carro de Évora, o castelo e as casas caiadas de branco que se erguem nesta aldeia medieval amuralhada são inconfundíveis. Monsaraz oferece um dos locais privilegiados para uma vista desafogada sobre o lago artificial do Alqueva e a vasta planície alentejana.

O museu a céu aberto é a melhor forma de absorver toda a história de Monsaraz ao perder-se pelas ruelas de pedra medievais, descobrindo o castelo, a Igreja Matriz de Monsaraz e o pelourinho. Não deixe de visitar o Cromeleque do Xarez, o monumento pré-histórico que fica a cerca de 2 km de Monsaraz onde pode chegar a pé ou de carro. Para ficar perto de Monsaraz pode repousar no hotel Horta da Coutada ou no hotel São Lourenço Do Barrocal.

Monsaraz

8- Porto Covo, Sines

Entre Sines e Vila Nova de Milfontes, a cerca de 20 km de uma e de outra, Porto Covo é reconhecidamente uma das mais pitorescas aldeias da Costa Alentejana.

Esta aldeia é o destino ideal para quem procura praia e descanso. Dê um salto à Ilha do Pessegueiro para visitar o Forte do Pessegueiro e desvendar a História de Porto Covo, que remonta até ao período Romano. Nos restaurantes locais o peixe fresco é o rei. Não deixe de fotografar, uma ou mais vezes, a Praça Marquês de Pombal. Ali, as paredes caiadas a contrastar com as barras azuis forte e as janelas vermelhas são provavelmente dos locais mais instagramáveis do Alentejo. Para ficar perto de Porto Covo tem à disposição dois hotéis a Herdade da Matinha ou a Herdade Do Freixial.

Porto Covo

9- Aldeia da Pedralva, Vila do Bispo

A Aldeia da Pedralva, em plena Costa Vicentina, é o local perfeito para quem procura praia, mar e sossego a sul fora dos habituais destinos de férias no Algarve. A cerca de 15 minutos de Vila do Bispo, esta aldeia outrora abandonada foi recuperada como turismo de habitação que inclui 30 casas independentes.

Se escolher passar uns dias nesta aldeia do interior algarvio, tem à disposição várias atividades ao ar livre e um restaurante que serve pratos de inspiração tradicional. Apesar deste espírito de resort de férias, a Aldeia da Pedralva é apenas o ponto de partida para explorar os percursos pedestres da Costa Vicentina ou aproveitar as praias da região. A praia mais próxima fica a 10 minutos de carro e chama-se praia da Bordeira. Para ficar perto desta aldeia pode ficar no hotel Aldeia Da Pedralva ou no Hotel Mira Sagres.

Aldeia da Pedralva

10- Querença, Loulé

A 10 km de Loulé, no topo de um monte onde a Igreja Matriz ocupa o lugar mais alto, Querença é uma típica aldeia algarvia de casas brancas com as tradicionais chaminés rendilhadas. Em termos de monumentos a visitar a lista é curta e inclui a Igreja, o Cruzeiro e a Capela Nossa Senhora do Pé da Cruz.

Mas as verdadeiras atrações turísticas de Querença são as belezas naturais. A Fonte Benémola, inserida no vale com o mesmo nome, fica a 15 minutos de carro da aldeia. Para quem prefere umas férias mais ativas, pode optar por percorrer a pé o Trilho da Fonte Benémola. O percurso é fácil, ideal para toda a família e uma oportunidade única de dar a conhecer outras paisagens algarvias. Se quer ficar nas redondezas desta aldeia a Trivago sugere dois hotéis: o Loulé Coreto Hostel ou o Loulé Jardim Hotel.

Querença

Nota: Devido às restrições relacionadas com a pandemia alguns espaços referidos podem estar encerrados. Deve verificar primeiro antes de iniciar a visita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui