imagem de Ahmed Galal

No dia 3 de setembro, celebra-se o Dia Mundial dos Arranha-céus e, para comemorar esta data, a Musement, plataforma online para atividades, tours, museus, shows e eventos artísticos, criou um ranking com os 10 arranha-céus mais Instagramáveis do mundo. Para realizar o estudo, foram considerados os 100 arranha-céus mais altos do mundo e foram também analisados o número de menções no Instagram das duas hashtags mais populares de cada edifício. 

1. Burj Khalifa (Dubai), mais de 6.300.000 menções

Com mais de 6 milhões de menções no Instagram, o Burj Khalifa lidera o ranking. Além disso, graças aos seus 828 metros de altura, detém o recorde de edifício mais alto do mundo. Os visitantes podem subir em elevadores de alta velocidade aos observadores “At the Top”, situados nos pisos 124 e 125, ou ao “At the Top Sky”, no 148º andar. Para finalizar a visita, pode saborear um chá ou um drink no “The Lounge”, a sala situada entre os pisos 152, 153 e 154. 

2. Empire State Building (Nova Iork), mais de 4.200.000 menções

É o primeiro edifício a ter mais de 100 andares nos Estados Unidos e também foi o arranha-céu mais alto do mundo entre 1931 e 1972. Construído em um tempo recorde de 410 dias, o Empire State Building atrai mais de 4 milhões de visitantes por ano. Aberto aos visitantes 365 dias por ano, os dois observatórios nos andares 86 e 102 possuem uma vista de 360º da cidade. É uma ótima opção para ver Nova Iork de uma perspetiva diferente. 

3. Taipei 101 (Taiwan), mais de 816.000 menções

O design deste arranha-céu lembra um grande caule de bambu de vidro azul-esverdeado, que é um símbolo de força eterna na cultura oriental. Este edifício inovador possui o maior amortecedor de vento e sistema anti-terremoto do mundo, composto por uma esfera de aço de 660 toneladas. O Taipei 101 é famoso pelos seus miradouros internos e externos localizados nos andares 88, 89 e 91. Para quem deseja uma experiência ainda mais completa, o arranha-céu conta com um restaurante de culinária taiwanesa no 86º andar.

4. One World Trade Center (Nova Iork), mais de 797.000 menções

O One World Trade Center é o edifício mais alto do Hemisfério Ocidental. Faz parte do World Trade Center e tem uma altura de 547 metros, que é uma referência ao ano em que a Declaração de Independência dos Estados Unidos foi assinada. Os visitantes podem subir aos elevadores Skypod até ao deck de observação entre os andares 100 e 102 em apenas 47 segundos. Uma vez lá, além de poder desfrutar das vistas, as exposições interativas permitem mergulhar na história do edifício e da cidade que o abriga. 

5. Willis Tower (Chicago), mais de 561.000 menções

Localizada no centro de Chicago, após a sua conclusão em 1973, a Willis Tower manteve o título de edifício mais alto do mundo por 25 anos. O seu grande sucesso nos meios de comunicação social deve-se em grande parte ao “Skydeck“, o miradouro do 103º andar, que atrai mais de 1,7 milhões de visitantes por ano. Também é possível visitar o “The Ledge”, uma varanda envidraçada que oferece uma perspectiva única da cidade de Chicago, com mais de 400 metros de altura, inaugurada em 2009. Num dia claro é possível ver quatro estados diferentes: Michigan, Indiana, Illinois e Wisconsin. 

6. Torres Petronas (Kuala Lumpur), mais de 221.000 menções

As famosas torres gémeas são um dos símbolos mais conhecidos de Kuala Lumpur. O arquiteto César Pelli, combinou neste projeto temas tradicionais da arte islâmica com tecnologia inovadora. Ambas as torres são conectadas pela Skybridge, que possui 58,4 metros de comprimento. No miradouro do 86º andar, é possível apreciar a paisagem urbana da cidade a 370 metros de altura, além de conhecer a fundo a história das torres gémeas através das exposições e displays digitais disponíveis. 

7. Lotte World Tower (Seul), mais de 110.000 menções

A capital da Coreia do Sul abriga este arranha-céu, que possui certificação LEED gold por ser um dos edifícios mais ambientalmente sustentáveis do mundo. A sua estética moderna é inspirada na porcelana e caligrafia coreana. No seu interior abriga áreas para uso residencial, escritórios, um hotel de sete estrelas, um aquário e diversas outras instalações. Uma das atrações mais populares da Lotte World Tower é o “Seoul Sky”, com 478 metros é o deck de observação com piso de vidro mais alto do mundo.

8. Shanghai Tower (Xangai), mais de 104.000 menções

Com 632 metros de altura, este edifício localizado em Pudong é considerado o mais alto da China. A fachada de vidro com desenho retorcido, gira progressivamente à medida que sobe, e é um sucesso nas redes sociais. Outro dos seus pontos fortes é o observatório “Top of Shanghai”, um miradouro localizado no 118º andar, com vistas únicas de 360 graus. Além disso, subir até ao deck de observação num dos elevadores mais rápidos do mundo já é uma experiência por si só. 

9. 30 Hudson Yards (Nova Iork), mais de 74.000 menções

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A popularidade deste edifício localizado no bairro Hudson Yards, a oeste de Midtown Manhattan, deve-se em grande parte ao “Edge“, o incrível miradouro inaugurado em março de 2020. Suspenso a 335 metros, é o maior terraço ao ar livre do hemisfério ocidental. A partir daqui os visitantes podem admirar algumas das atrações mais emblemáticas da cidade de Nova Iork, incluindo o Central Park e a Estátua da Liberdade. 

10. One Vanderbilt (Nova Iork), mais de 59.000 menções

Embora tenha sido inaugurado há apenas 2 anos, o One Vanderbilt já conquistou um lugar merecido no top 10. Com 427 metros de altura, é um dos mais novos arranha-céus do horizonte em constante mudança de Nova Iork, e o observatório localizado entre os andares 91 e 93 tornou-se uma das atrações mais populares da cidade. Além da incrível vista, a combinação de arte e tecnologia explica o seu sucesso. Quem não sofre de vertigens pode, a 325 metros acima da Madison Avenue, desfrutar de uma experiência imersiva projetada por Kenzo Digital.

Artigo anteriorDisneyland Paris tem agora descrição áudio dentro do parque, para visitantes com incapacidade visual e cegos
Próximo artigoFeira do Livro de Lisboa começa hoje, descubra o que não pode perder nesta edição

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui