O Dubai poderá ter, no futuro, um resort em forma de lua, que terá o custo de 5 mil milhões de dólares (4.91 mil milhões de euros), afirmou a empresa canadiana de arquitetura Moon World Resorts Inc. (MWR) à Arabian Business. Proposto e co-fundado por Sandra G. Matthews e Michael R. Henderson, o Moon Dubai foi concebido para ser construído em 48 meses e terá uma altura total de 735 pés (224 metros).

“O Moon Dubai será o maior e mais bem sucedido projeto turístico moderno em toda a região MENA, duplicando as visitas turísticas anuais no Dubai com base no seu apelo global, conhecimento de marca e múltiplas e ofertas únicas”, afirmaram Mathews e Henderson, da Moon World Resorts, acrescentando que “pode acomodar confortavelmente 10 milhões de visitantes anuais”.

Ao redor desta lua, está planeada a construção de uma chamada colónia lunar, um espaço capaz de acomodar mais de dois milhões de visitantes.

“O Moon Dubai terá um impacto significativo em todos os aspetos da economia do Emirado, incluindo turismo, transportes, imobiliário comercial e residencial, infraestruturas, serviços financeiros, aviação e espaço, energia, MICE, agricultura, tecnologia e, claro, educação”, disse Henderson, acrescentando que isto “colocaria firmemente a bandeira dos EAU na vanguarda da exploração do espaço”.

O foco do resort está na arquitetura, engenharia, design e tecnologia de ponta. O Moon Dubai também acolherá uma plataforma de formação para agências espaciais e para os seus respetivos astronautas.

Também se espera que o resort incorpore as ‘Sky Villas’, conhecidas como as residências privadas na lua, porque são unidades de luxo inseridas dentro da esfera lunar. “Cerca de 300 unidades estarão disponíveis para compra, sendo os proprietários das Sky Villas membros de um clube exclusivo de membros privados”, sublinhou Henderson.

Os hóspedes no Moon Dubai, poderão tirar partido de uma seção de spa e bem-estar, uma discoteca, centro de eventos, ponto de encontro global, lounge e um “vaivém lunar” interno, para quem quer viajar pelo interior desta lua sem se cansar.

“Uma vez consumada a licença regional MENA e escolhido a localização exata do Moon Dubai, será iniciado um programa de pré-desenvolvimento de um ano, seguido de um programa de construção de quatro anos”, informou Henderson. Segundo o Arabian Business, espera-se que a Moon World Resorts licencie quatro resorts em todo o mundo, nas regiões da América do Norte, Europa, MENA e Ásia.

Os EAU estão atualmente a explorar oportunidades em torno de corpos celestes, a desenvolver tecnologia de comunicações por satélite e a implementar as mais recentes tecnologias espaciais em aplicações terrestres. Recentemente, o país reservou 820 milhões de dólares (805,65 milhões de euros) para o seu ambicioso fundo de planos espaciais.

Artigo anteriorCanadá poderá vir a ter um comboio-avião híbrido que viaja a 1000 km hora
Próximo artigoFestival de Banda Desenhada regressa à cidade da Amadora de 20 a 30 de outubro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui