Assentos confortáveis e com maior espaço, bagagem de mão ilimitada e wi-fi gratuito. Estas são algumas das características que tornariam uma companhia aérea perfeita na opinião dos passageiros europeus.

A Skycop inquiriu passageiros de diversos países europeus com o objetivo de descobrir a companhia aérea perfeita.

Espaço ou conforto do banco?

assentos de avião

Em Setembro deste ano, foi feita a seguinte pergunta aos entrevistados: “Se pudessem mudar apenas uma coisa no seu voo, escolheriam mais espaço para as pernas ou um banco confortável reclinável para dormir?” A maioria – 72% dos entrevistados – escolheu o assento confortável. Foi algo que pessoas de todas as idades e sexos concordaram: se o banco não for confortável, o espaço adicional para as pernas não ajudaria de maneira nenhuma.

Outra questão que se colocou, ainda na temática dos bancos de avião, foi relativamente às preferências na escolha do banco e lugar no avião: “gostaria de um assento mais largo e confortável, ou de uma janela maior para vistas panorâmicas?” 66% dos inquiridos escolheram um lugar maior. As restantes pessoas, na maioria jovens, gostariam de ter janelas maiores.

Sim à bagagem de mão e comida ilimitada

Quando dada a opção de escolher entre não receber mais publicidade de duty free ou não ter mais limitações quanto à bagagem de mão, três quartos dos inquiridos escolheram a última opção.

A questão que mais dividiu o público implicou escolher entre ter os mais recentes blockbusters disponíveis durante o voo ou ter comida grátis.

Acontece que a fome supera o tédio, mas não por uma margem muito ampla. 58% – na sua maioria jovens – prefeririam comida de graça, enquanto 42% gostaria de ver os filmes mais recentes.

Partindo da ideia generalizada de que a viagem seria muito menos aborrecida se houvesse acesso permanente à internet, foi questionado se as pessoas gostariam de ter Wi-Fi gratuito durante o voo, ou se preferiam poder fazer chamadas. Quase não houve competição: 88% das pessoas gostariam de ter um pouco daquele tão desejado Wi-Fi nas alturas.

Por último, foi pedido aos inquiridos para comentar se concordariam em pagar mais para voar com um piloto bem pago e bem descansado ou se gostariam de economizar com o custo de voar om um piloto menos experiente. 77% dos passageiros – principalmente europeus do Leste – disseram que pagariam mais para apoiar as boas condições de trabalho dos pilotos. Curiosamente, os europeus ocidentais foram dominantes entre os 23% que não se importam com os pilotos e tripulações. Já lá vai o tempo de uma civilização ocidental ideal, focada em mudar a vida das tripulações aéreas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui