O que lhe parece passar uma noite num quarto em forma de cubo instalado no meio de uma vinha e com o rio Douro aos seus pés? Durante o mês de setembro, a Quinta do Pôpa – situada em Tabuaço, em pleno coração do Alto Douro Vinhateiro e considerada património mundial da UNESCO – vai alargar a sua oferta ao alojamento, numa ótica diferenciadora e sustentável. Através de uma parceria com a start-up Eco3 (ecocubo) os hóspedes terão, durante o mês de setembro, não só a oportunidade de explorar a Quinta do Pôpa, mas de dormir em plena harmonia com a natureza.

A Eco3 é uma start-up que se dedica ao turismo sustentável, promovendo experiências únicas em locais inesperados. Fazem-no através da instalação de “abrigos” ecológicos e sustentáveis – cubos feitos à base de madeira e cortiça, materiais 100% naturais e portugueses, e com a particularidade de serem totalmente desmontáveis – em locais estrategicamente selecionados, onde a imersão na natureza é denominador comum. Uma oferta que se destina aos adeptos do turismo lento e de natureza, que encontram neste formato um confortável refúgio na natureza, aliando a flexibilidade de uma tenda ao conforto de um quarto.

A Quinta do Pôpa torna-se agora parceira da Eco3, sendo o primeiro produtor vitivinícola a receber esta tipologia de equipamento. A parcela de Vinhas Velhas mais icónica da Quinta, aquela que este ano celebra nove décadas, foi a eleita para receber o quarto e a casa de banho da Eco3. Sob o mote ‘Experiência ao cubo na Quinta do Pôpa’, há duas opções: a ‘Standard’, que inclui visita & prova de vinhos, uma garrafa de ‘Pôpa UnOaked’ e estadia de uma noite, com cesto de pequeno-almoço; e a ‘Premium’, em que a visita & prova dão lugar à participação no programa de vindimas, composto por visita, prova, participação nas atividades de vindima e almoço.

Se a primeira opção tem o valor de €150,00 e está disponível de terça a sexta-feira, a segunda custa de €200,00 e acontece apenas às quartas e quintas-feiras – dias em que há programa de vindimas. O quarto tem cama de casal, sendo uma experiência para desfrutar a solo ou a dois. As reservas são feitas on-line, através do site da Eco3, ou da plataforma Airbnb.

Para Vanessa Ferreira, “esta é uma sinergia perfeita, porque há muito que procuramos oferecer alojamento na nossa quinta e este é o pontapé de saída, ainda mais com uma empresa que partilha os mesmos valores que nós, assentes na sustentabilidade e proximidade com a natureza e território envolvente. Esperamos que todos os que nos queiram visitar gostem tanto desta experiência quanto nós. Aliado à pernoita no cubo, oferecemos dois programas de experiências repletos de atividades para que os nossos visitantes criem memórias inesquecíveis.”

Artigo anteriorCasino Espinho promove jantar-concerto de tributo a Bryan Adams
Próximo artigoAP Eva Senses organiza jantar concerto dedicado aos Beatles no restaurante Harune

1 COMENTÁRIO

  1. Então e casa de banho?!
    Estive no Eco2 e não foi uma boa experiência. Vejo que, à semelhança do Eco2, este também não fica localizado debaixo de uma sombra. Isso significa que é impossível permanecer dentro do EcoCubo durante o dia e à noite é necessário deixar aberto para refrescar, o que inclui a entrada de melgas e mosquitos para dentro do espaço. Lamento, a minha experiência não foi assim tão agradável…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui