"A Chegado", prato que pertence ao menu de degustação “Toda a Viagem”.

O A Ver Tavira abre as portas ao inverno, e renova a sua oferta exclusiva de menus degustação, reunindo, mais uma vez, produtos regionais, pratos de inspiração tradicional e, também, novos e irreverentes sabores.

O restaurante algarvio, localizado em pleno centro histórico de Tavira, prepara a chegada de inverno com menus renovados, contemplando a sua oferta exclusivamente três opções de degustação. A experiência presenteia os clientes com uma autêntica viagem de sabores tradicionais, algarvios e intensos. Os menus podem ser harmonizados com uma seleção criteriosa de vinhos, a cargo da maître sommelier Claúdia Abrantes, e de queijos portugueses.

A primeira e mais completa opção de menu degustação, que se pode considerar quase uma epopeia, denomina-se “Toda a Viagem” e é composta por dez pratos, criados especialmente para a carta de inverno. Esta viagem gastronómica começa com o prato “Entre cá e lá”, que tem por base carabineiro, couve-flor, caril e limão caviar. De seguida, “As favas de outono” apresenta choco combinado com favas e morcela e hortelã. O emblemático “Arroz e marisco” marca também presença, seguindo-se a experiência de “O mergulho”, na qual o peixe de linha se alia ao xerém e às algas. Já o denominado “Com todos” junta bacalhau, sames e grão, numa releitura do clássico nacional. Focado, também, numa proposta tradicional, é apresentado “As minhas origens”, um prato aconchegante, composto por borrego, feijão bago de arroz e couve-lombarda, que remete diretamente para a génese do chef Luís Brito e do restaurante. “À descoberta” conjuga “Galega”, raiz de salsa e jus.

Para fechar este menu degustação, os últimos três momentos são doces: a conclusão inicia-se com “A passagem”, confecionada com batata-doce, eucalipto e piripiri; “O tradicional” tem o célebre morgado do Algarve, pomelo e Szechuan; e por fim chega o “Outono”, com chocolate de São Tomé, anona e leite de figueira.

Este menu de degustação tem o valor de 210€ por pessoa. A opção de harmonização de vinhos tem o custo de 135€ por pessoa e o suplemento de queijos portugueses 14€ por pessoa.

Para quem valoriza a degustação, mas prefere ter uma experiência mais leve, o chef Luís Brito criou os menus “A Viagem do Sabor” e “Entre Momentos”. São compostos por sete e cinco momentos, respetivamente, e juntam alguns dos pratos que compõem o menu “Toda a Viagem”, propondo novas leituras do conjunto. Uma amostra representativa e igualmente intensa em termos de sabores para os amantes do mar e de reinterpretações criativas dos melhores ingredientes sazonais.

“Arroz e Marisco”
Artigo anterior“Café no Campo” é o novo espaço de brunch do Belas Clube de Campo (com panquecas, saladas e hambúrgueres)
Próximo artigoAs cinco cidades portuguesas mais “instagramadas” no Natal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui