Unsplash

Desde os encantos sedutores de Paris até às ruas animadas de Roma, as cidades movimentadas são o cenário perfeito para os romances. E para muitos, os livros podem funcionar como passaportes literários, levando os leitores a atravessar o mundo a partir do conforto do seu próprio espaço.

Os especialistas em impressão da Aura Print analisaram a vasta extensão do corpus do Google Books (um repositório com 25 milhões de livros) para identificar as menções cumulativas de 31 cidades europeias proeminentes em livros que vão de 1920 a 2019.

O Porto ocupa o vigésimo lugar da tabela, com um total de 6.604.087 referências literárias. A cidade Invicta, conhecida pelos seus edifícios coloridos, ruelas empedradas e vistas panorâmicas sobre o rio Douro, inspirou vários autores de romance e história.

RankCidade europeiaDécada mais popularTotal de ocorrências em livros (1920-2019)
1Londres1960s286,675,501
2Paris1920s95,290,475
3Roma1920s48,840,949
4Berlim1940s37,079,709
5Moscovo1980s31,405,361
6Florença1920s19,414,470
7Viena1980s18,995,437
8Atenas1960s15,118,606
9Dublin1920s15,021,998
10Amesterdão1990s12,868,807
11Bruxelas1990s10,949,717
12Veneza1920s10,237,695
13Madrid1990s9,883,636
14Estocolmo1980s8,813,100
15Varsóvia1980s8,054,316
16Munique1990s8,025,343
17Milão1960s7,917,978
18Copenhaga1950s7,317,785
19Praga1960s6,702,244
20Porto1920s6,604,087

Derrotando todas as suas congéneres europeias por uma esmagadora maioria, Londres ocupa o primeiro lugar da lista, sendo coroada a cidade mais popular da Europa em termos de literatura. Apelidada por Charles Dickens como a “lanterna mágica” que alimentou a sua criatividade, a capital britânica foi palco de uma grande quantidade de romances ao longo do último século.

A seguir vem a antiga rival britânica do outro lado do canal, a sedutora capital francesa, Paris. Com um número impressionante de 95.290.475 menções literárias, a romântica e intrigante Cidade das Luzes encantou e inspirou uma infinidade de autores de romance e ficção.

A Cidade Eterna, Roma, ocupa o terceiro lugar (48 840 949 menções), triunfando sobre as suas congéneres italianas com uma quota de atenção literária 74% superior à de Florença (6.ª), Veneza (12.ª) e Milão (17.ª). Do seu glorioso passado imperial ao presente vibrante, a capital italiana é um cenário cativante para livros de todos os géneros.

Em quarto lugar, com um número significativo de 37 079 709 menções em livros, está Berlim. Repleta de história e com um passado turbulento, a capital alemã, parcialmente destruída, oferece uma paisagem urbana impressionante, servindo de fonte de inspiração para escritores de ficção histórica e de thriller.

A fechar o top cinco das cidades mais escritas está Moscovo. Uma cidade de paradoxos enigmáticos e de histórias culturais cativantes, a capital russa tem encantado os romancistas há décadas, acumulando um número significativo de 31 405 361 referências literárias.

Artigo anteriorVila Vita Parc e KABUKI unem-se para uma noite de sabores japoneses e mediterrâneos
Próximo artigoPrepara-se para viajar? Confira este guia com os passos essenciais a cumprir antes de partir

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque aqui o seu comentário
Por favor coloque o seu nome aqui